quarta-feira, 1 de outubro de 2008

E se...


neste cruzamento "indigno" das 18 faixas a confluir, este que lembra Índia, Sri Lanka e Marrocos todos juntos, onde alguns leitores propuseram pintar um buraco que pregasse sustos aos mais velozes, onde outros acharam mesmo que só com um obus é que se ia lá, mas onde houve quem se lembrasse de puxar uma rotunda de plástico existente lá mais acima cá para baixo, o pessoal pusesse mesmo mãos à obra e numa noite de grande maluqueira, sei lá, pelas 4 da manhã duma destas sextas-feiras, vinte tipos se juntassem e fizessem a gracinha?

Ganhava a comunidade, ficaria mais segura, ganhava quem alinhasse na aventura porque cenas radicais é muita giro e um gajo não esquece, e prontos, pelo menos não ficávamos todos assim muito ansiosos com medo que o livro negro que o PSD prometeu para Lisboa se esquecesse aqui do cruzamento.

Mas, oh Meu Deus, como combinar uma coisa dessas? Como?

28 comentários:

Anónimo disse...

Mas como? :)

Anónimo disse...

Vamos "gamar" a rotunda lá de cima para pôr cá em baixo?
Voçês estão a ficar radicais ó malta.
E Estou a achar graça.
Marquem data.

Anónimo disse...

Ou então o tunel do Marquês. Vamos lá buscá-lo e é só colocalo neste cruzamento.....
Mas como?

Anónimo disse...

Estou a topar-vos...

Anónimo disse...

Ok! Aquilo tem para aí uns vinte "coisos". Basta arranjar vinte tipos e cada um trás um "coiso" o mais rápido possível! É a descer, todos os santos ajudam! (será que são muito pesados?)Podemos cronometrar e o mais lento paga umas imperiais!

Anónimo disse...

BORA LÁ!

Anónimo disse...

Nem me lembro de quando foi a última "cena radical" que fiz mas parece-me MUITO bem!

Se formos uns 40 a transportar 20 "coisos" até podemos fazer 250m estafetas... e tudo isto - claro - muito discretamente...

Anónimo disse...

Não há necessidade de colocar os 20 coisos cá em baixo.
Bastam metade.
Assim só precisam de 10 pessoas para executar a obra.

Já agora. Levem as bicicletas. Sempre fazem o trabalho mais rápido e é mais radical vir com um coiso às costas em cima da bike.

Anónimo disse...

Resumindo:
Hora - mais logo pelas 4 da manhã...
Local - Mesmo a uns escassos metros daquela pequena esquadra...
Tarefa - Transferir aquela inútil rotunda para o faroeste viário ali no inicio da Rua Helena Vaz da Silva...
Até logo, apareçam e passem palavra!

Anónimo disse...

Concordo e aproveito para levar lá os meus colegas da SIC... que belo programa daria no "nos por cá"...
querem...?

Citadina disse...

Eu vou! Count me in! Não tenho muita força, mas participo.

Anónimo disse...

Acho que é suposto essas "cenas" estarem cheias de água para fazer peso e não voarem com o vento. Mas normalmente estão sempre vazias e são levezinhas.. Eu não vou mas dou apoio moral :)

Anónimo disse...

Eu acho que o melhor era mandar-mos todos um mail para o Viver para saber exactamente é a hora e quando vamos fazer isto. Como querem combinar? É hoje já? Não era amanhã ou noutra sexta?

Vamos organizar-nos para irmos todos juntos!

Enviarei já um mail.

Anónimo disse...

Apoiado! Também vou se for sexta-feira!

Anónimo disse...

Fabulosa ideia! Roubar uma rotunda :)

Anónimo disse...

Já avisei a Policia para cortar o trânsito enquanto mudamos a rotunda

Anónimo disse...

mas isto é mesmo assim?!?! é hoje?!?!?!?!

José disse...

ppl isto é de loucos mas eu alinho, aliás tudo pela nossa Alta já que quem pode ou deve, nada faz. vamos lá combinar isso como
deve ser....Mesmo a sério.

Luis Ferreira disse...

É a valer ?

Anónimo disse...

Claro que é a valer ...são os maiores! PARABÉNS! Mas.... cuidado com a policia! usem mascaras ou meias para não ser 'conhecidos' e preparem-se para fugir se os policias aparecerem tão prontamente como quando há assaltos!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Afinal apareceu lá uma rotunda! Mas a de lá de cima está no sitio. Roubaram-na de onde??

Luis Ferreira disse...

Valeu !

Bem me parecia que aqueles "pedaços de rotunda" , que estavam num cantinho junto a um muro perto de um "estaleiro", que há muito deveria ter sido "deslocalizado" e que impede a continuação da avenida , estariam ali à espera que alguém lhes fizesse qualquer coisa de útil... :-)
Valeu !

Mr. Steed disse...

ontem à noite vi o pai natal e o super-homem passar por cima de mim com umas coisas brancas e vermelhas nas mãos, então era isso!

Ana Rita disse...

Bravo. Um grande aplauso. Serviço perfeito, com tabuletas e tudo.
Quando expliquei ao meu "pendura" ele disse logo: "oh mãe, quem me dera que tivéssemos sido nós a fazer".
Mas de onde veio esta? A outra ainda lá está.

Anónimo disse...

Dobro-me em reconhecimento por esta espectacular intervenção.
Tudo o que salvaguarde a segurança e a vida das pessoas não é ilegal, não é passível de critica negativa.
É antes e sempre uma acção honrosa.
Sinto que se virou ontem uma página no entendimento e procedimento desta Alta de Lisboa.
Parabéns, Parabéns, Parabéns.

Anónimo disse...

Ainda me estou a roer todo por não ter podido comparecer.
A "obra" está fantástica e o efeito regularizador já se faz sentir.
Mais uma vez parabéns por mais esta intervenção do Alta de Lisboa.

Só gostava de saber se estão (os intervenientes) todos de cana, no Hospital com problemas de coluna ou a recuperarem o sono perdido!!!

Anónimo disse...

eh pá que espectaculo!!!! ontem quando passei por lá nem queria acreditar, VOCÊS FIZERAM MESMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PArabéns e obrigada

espertinha disse...

Clap! Clap! Clap! Fabuloso! Só agora estou a ler, e por isso não sabia que tinha sido iniciativa popular, mas aplaudi muito o dia em que passei naquela rotunda. Também estranhei que, poucos dias depois já lá não estivesse. "Arrependeram-se", pensei. Afinal... marotos! Muito criativos e a solução era muito boa!