quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Voam, mas voam baixinho


Que o lambebotismo foi sempre uma imagem de marca das camadas inferiores do poder já era de há muito conhecido no anedotário político nacional. Que esse particular uso da língua foi sempre gravoso para o sentido da vista também foi desde sempre comprovável pela corrente negação da realidade a que essa atitude muitas vezes obrigava.

Felicitar o chefe pela última inauguração ainda é compreensível. Ignorar as cautelas com que o seu ex-número dois e actual presidente da Câmara brindou a inauguração de mais uma auto-estrada no interior da cidade faz parte de quem se preocupa mais em manter o brilho perante a autoridade presente do que em pensar com consciência no futuro.

Mas não será abusar da tolerância dos seus concidadãos considerar que a existência de uma auto-estrada em viaduto sobre uma área urbana consolidada melhora as "condições ambientais da Cidade"? As condições ambientais da cidade??? Ó meu amigo que este ditirambo lhe melhore as suas condições dentro do partido ainda acredito, agora as da cidade? Ou será que o Lumiar e a Alta de Lisboa não fazem parte desta cidade? Ou será que se esqueceu de que, como coordenador da Secção do Ps do Lumiar, Ameixoeira e Charneca, deve alguma consideração aos seus vizinhos?

E porque é que há uma palavra de preocupação para o infrequentado polidesportivo e para o manhoso mercado e nenhuma para os moradores?

PS - Antes que o representante eco´lógico para o Lumiar da coligação CDU se venha pôr em bicos dos pés nos comentários a publicitar a abstenção dos seus pares, publicito-a eu. Mas deixo já uma pergunta: abstenção porquê se defendiam nas últimas eleições intercalares a conclusão urgente deste troço?

6 comentários:

Anónimo disse...

Curiosamente, a bela autestrada estava ontem em reparaçoes...paree que os painéis anti-ruído estavam mal aparafusados, em risco de car sobre o ppl do lumiar, li junto ao cruzamento da junta de freguesia. E só aí estavam a apertar os parafusos, nada impede que no resto dos painéis se não passe o mesmo...

Anónimo disse...

eram cerca de 19h00 e andavam a reparar por cima do viaduto. pena não ter filmado - foi a pressa das inaugurações

DarkAngel disse...

olha...este país é uma caca principalmente porque n´so eleitores continuamos adormecidos. do be ao cds a merda é toda a mesma. Gostei daquela do lambebotismo....

Pedro disse...

O perfil longitudinal da sequência dos paineis do lado do mercado junto ao atravessamento da Padre Cruz tinha uma ondulação estranha. O que poderia indicar ou a sua má fixação/implantação ou - pior - uma errada implantação do viaduto. É no que dão as pressas: são óptimas para as inaugurações mas péssimas para a qualidade do produto. E para a vizinhança que teima em ter dificuldade em adormecer durante os trabalhos nocturnos.

Anónimo disse...

Esta é para os ecologistas camarários: que jardineiros tem a CML que plantam árvores de grande porte como as existentes no centro do eixo viário da Av. Álvares Cunhal, na Alta, com uma distância mínima entre si, que não permite o desenvolvimento das ditas em boas condições?...
Vão aprender a plantar...

Anónimo disse...

Meu, até concordo com o protesto mas Álvares era o Cabral este Álvaro! Olha que ainda te acusam de revisionista...