sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Personal Rapid Transit (PRT)


Uma ideia muito ousada que revolucionaria Lisboa e que colocaria a Alta de Lisboa nas bocas do mundo pelas melhores razões, apresentada no Uptown Lisbon. Uma rede de veículos não poluentes, movidos a motor eléctrico alimentado por energia solar, num circuito de carris.

Mais uma bela ideia para a SGAL agarrar com unhas e dentes e apresentar à CML.

12 comentários:

Anónimo disse...

Outra solução tb interessante dentro do mm conceito, apesar de parecer ainda em "fund Search"

www.skytran.net

Anónimo disse...

Esta ideia iria revolucionar por completo a ideia que temos de cidade e de andarmos para dentro e fora da mesma.

Pequenos e médios trajectos seriam impensáveis de fazer em carro com isto. O carro puderia dizer adeus aos donos, ficando unicamente para viagens longas.

Um upgrade ao serviço do taxi e do autocarro ;)

O pior nem seria construir, seria mm acabar com os lobis respectivos.

Anónimo disse...

A ideia do skytran é um pouco melhor já que não iria ocupar tanto espaço como a outra, no que diz respeito ás paragens.
No entanto a tecnologia ainda se encontra bastante longe de ser fácil de implementar.

Isto sim seria uma autentica mudança de paradigma.

Anónimo disse...

dubai funding, pois é, o futuro anda mais pelo dubai do que pela NASA. As ilhas artificiais..e agora este projecto.
A única coisa negativa é o espaço dos trilhos.
Ainda optava pelo metro de superfície - e se há espaço nas amplas avenidas da Alta!!!

Anónimo disse...

É impressão minha ou retiraram as «cores fortes das olaias» ao projecto taveira da malha cinco:


http://lx-projectos.blogspot.com/search?q=taveira

Agora já parece apetecível. Para quando?
Esperem por 2008, muita coisa vai mudar na Alta, aproveitem e comprem casas agora...

Anónimo disse...

num blog que tres posts atras debatia a pobreza em que alguns portugueses vivem, fala agora de um projecto piloto qualquer para modernizar o que?
que tal comprar livros para as bibliotecas das escolas da alta?
que tal melhorar os espacos ludicos e transforma-los de forma a ocupar os adolescentes que se ocupam a escrever nas paredes? que tal doar um pouco do vosso tempo para melhorar a vida das vossas familias - ler aos vossos filhos, jogar a bola, construir um carrinho de rolamentos, ir a um museu?
Tanta demagogia e tao pouco pragmatismo!

Tiago disse...

Há três posts atrás não se debatia a pobreza dos portugueses, debatia-se a hipocrisia que é fazer acções simbólicas de mau gosto um dia por ano e nos restantes 364 continuar nas suas vidinhas egocêntricas, desprezando a diferença, apelando a milícias, consumindo os recursos do planeta até à exaustão só para sair e entrar de casa de automóvel, empregando pessoas com vínculos precários, não honrando compromissos, não respeitando a lei aproveitando a fragilidade dos mais fracos.

Por outro lado, uma solução moderna de transportes que até pode ter uma implementação relativamente cara, acaba por ser melhor para toda a comunidade porque iria tirar automóveis da cidade, despoluindo-a.

Quanto às actividades com os jovens do bairro, estamos de acordo. Quer contar-nos a sua experiência pessoal?

Ana B. disse...

Caro anónimo,

Pode ficar descansado! Aqui no Viver somos todos "pessoas de bem" que regularmente lemos com os filhos, jogamos à bola, vamos aos museus e até construimos carrinhos de rolamentos de vez em quando... Fazemo-lo com os nossos filhos e também com alguns desses adolescentes que tanto apreciam a pintura de mural.

Mas temos esta mania de, para além das nossas, ter estas inquietações pelo bem comum.

É uma mania... desculpe lá qualquer coisinha...

Pedro disse...

Anónimo pragmático:

Obrigado pela sua candidatura ao voluntariado que o Centro Social Padre Rocha e Melo (Centro Social da Musgueira para os que não têm medo de apanhar nenhuma doença só por pronunciar esse nome proscrito)tanto procura!

Pode lá ir mesmo depois das horas normais de trabalho (sabe onde é, não sabe? É aquele pavilhão com um ar retro, ao pé da escola nova, que espera ansioso pelas novas instalações)porque o Centro fecha tarde e haverá sempre algum responsável que acolherá com alegria os seus dados pessoais e combinará os pormenores da colaboração.

Bem haja!

Anónimo disse...

Eu concordo com a malta do "viver".
Não é assim tão longe e despropositado o projecto do PRT.
Iria melhorar bastante a vida das pessoas. Talvez fosse mm a resposta a mts dos "oil problems" q temos nos dias de hj. Sim eu sei, aquilo tb precisa de energia, mas se for não poluente ao menos respiro melhor e sempre ocupo o tempo de viagem de uma forma mais interessante do q nos aglomerados dos autocarros ou metro. Assim até não me importava de vender o carro e andar só de vaivem :D

Anónimo disse...

como o Tiago deixou de nos dar música, aqui fica um link para a meow com diana krall no seu melhor;)

Anónimo disse...

http://ninhodagatinha.blogspot.com/2007/09/msica-da-boa-10.html