terça-feira, 30 de outubro de 2007

Lisboa, 2307

(Lisboa abandonada, em 2307. Imagem de Kenn Brown)

Um exercício inverso ao proposto no post anterior, na evocação de lugares que perdemos para sempre, substituídos por coisas com as quais nos custa criar o mesmo vínculo afectivo, é o que faz este post da barriga de um arquitecto. O que será dos nossos lugares daqui a 300 anos? E o que seria de Lisboa e da ponte sobre o Tejo, se o Homem desaparecesse da face da Terra de repente?

4 comentários:

Tom disse...

weird ... this image is exactly the same as I had in a nightmare about 10 years ago. I remember the nightmare so vividly, I was living in Costa da Caparica at the time and I dreamed that Lisbon was wrecked by a tsunami (what is really strange is I had no knowledge of the history of Lisbon at the time). According to some theories maybe this isn't too far in the future.
http://survive2012.com/

susana disse...

É realmente aterrador...
Podia ser cenário para "Reign of Fire"... ou "Jurassic Park"...

Anónimo disse...

Tiago, pedro, ana(s)... repescando as Boas ideias para 2008 - os CTT no alto do lumiar!É um bom (e útil) post.
E uma foto do centro de saúde em grande angular ajudava tabém a localizá-lo no condomínio da torre.
E que tal entrevistarem (por e-mail ou ao vivo pelo canalta )o novo CML para o blog? Seria tão inédito que ele talvez ele aceitasse - passava a ser o 'Costa da Alta'!

Tiago disse...

São boas ideias. Sirão em breve posts dedicados aos CTT e ao CS. A entrevista é que é mais complicada, não por falta de disponibilidade e interesse do Sr. Presidente, porque falar para o CanaLta é uma honra para qualquer um, mas porque o director de programas da estação televisiva é uma irascível personagem de trato difícil. Posso tentar, mas não prometo nada.