quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Bairro da Cruz Vermelha, Lx Condomínio

Avançam as obras da malha 14, no empreendimento comercialmente conhecido por LX Condomínio, junto ao Bairro da Cruz Vermelha.


Ainda falta um bocadinho. Não sei quando está previsto entregar as casas, nem se há atrasos. Não parece haver razão para haver, a malha 6 até tem sido adiada.



Entretanto, na parte de baixo que liga esta malha ao Lumiar, estão em fase avançada os arruamentos, previstos no Plano de Pormenor do Lumiar. Vê-se lá ao fundo, na fotografia. O mais engraçado é que se prevê construir aí mais uns prédios, a poucos metros do Eixo Norte-Sul que passa ali à direita. Nestes montes de terra mais próximos irão ficar umas torres de apartamentos que finalizarão o LX Condomínio, conforme se vê aqui.



Para facilitar a obra, a CML já anunciou o corte da Rua Maria Margarida e avisa que as obras durarão 5 meses.

7 comentários:

Pedro Veiga disse...

A malha 14 é um ponto chave de ligação da Alta de Lisboa ao Lumiar. Com a abertura do eixo norte-sul prevista para breve (as obras finais estão a todo o vapor!) seria bom pensar numa alternativa de ligação do Lumiar ao nó da Ameixoeira deste eixo. Se assim não for, quando o eixo norte-sul abrir, vai haver muita confusão de trânsito nas azinhagas da cidade e de S. Bartolomeu para além da que já é habitual! Seria impensável num país normal colocar um nó de auto-estrada a desembocar numa azinhaga onde dificilmente se cruzam dois automóveis ligeiros!
Onde está o planeamento urbano?

Anónimo disse...

Obrigada por colocarem informação sobre a Alta de Lisboa, ao contrário do que faz a SGAL e UPAL. Já votei nas sondagens. Vocês são sem dúvida o melhor orgão informativo sobre a Alta de Lisboa. Obrigada mais uma vez pelo trabalho em prol da comunidade.

Pedro disse...

Bom, Pedro, tão impensável quanto colocar uma auto-estrada a atravessar em viaduto uma zona urbana consolidada.
Quantos aos trabalhos de urbanização junto ao eixo N-S, espero que, face às características do local, os esgotos tenham sido sobredimensionados. Seria uma pena ver tudo estragado na primeira chuvada de grande intensidade do próximo Inverno

Anónimo disse...

Ainda sobre o eixo n-s, alguém sabe se vão ser colocados aqueles "vidros" para redução do ruído em toda a extensão paralela ao parque oeste? pelo menos deveria ser até ao tunel depois da ligação da estrada de s.bartolomeu...
porque senão, vamos ter barulho (e muito) no sossegado parque oeste... e lá se vai o sossego...

Anónimo disse...

PARA FAZER UMA CIDADE MELHOR:


http://abarrigadeumarquitecto.blogspot.com/

http://www.nytimes.com/imagepages/2007/09/09/nyregion/thecity/09tactics.ready.html?adxnnl=1&adxnnlx=1190344664-TdW5lBUg+BfUgceXExtMeg

Façam copy paste e visitem estas pérolas...

Anónimo disse...

Continuo sem perceber essas vossas duvidas da abertura do eixo.

Será que quando abrirem a auto-estrada, td a gente q nunca precisou de passar pelo Lumiar pq NÃO é daqui, vai passar a sair na Ameixoeira, pq SIM ?!?!?!?

Só quem é do Lumiar e arredores é q vai usar as saidas, certo ? Essas pessoas já fazem transito, mas noutros sitios.

Pensem nas coisas de um modo positivo, é por causa destas bocas de velhos razingas q nunca mais evoluimos e continuamos na cauda do mundo.

Voces são uns chatos.
Nunca vivem satisfeitos com nada.

Se a vida não vos satisfaz MUDEM a vida.

Anónimo disse...

Não é por nada, mas acho incrível terem «tapumado» o tal do bairro da cruz vermelha com este novo condomínio. Parece o muro da vergonha. Falai em exclusão. Que sentimento criará isso nos moradores? Simpatia pelos novos vizinhos?... dpois não digam que é difícil integrar. Convidem um arquitecto ou sociólogo especialista em urbanismo e ele que diga...