sexta-feira, 1 de setembro de 2006

O Alto Minho no Alto do Lumiar

No próximo sábado, dia 2 de Setembro, terá lugar no Alto do Lumiar uma actuação de vários grupos folclóricos do Alto Minho numa iniciativa da GEBALIS - Gestão de Bairros Municipais de Lisboa EM, com a colaboração da Associação de Moradores do Bairro da Cruz Vermelha no Lumiar (AMBCVL) e da Associação Pintor Almada Negreiros.

15:00 horas - Parque Oeste

A concentração dos grupos será feita no Bairro da Cruz Vermelha, junto à sede da associação.
Nota: informação facultada pela AMBCVL

5 comentários:

joao correia disse...

A GEBALIS, parece-me a mim, à boa maneira portuguesa, preocupa-se mais em organizar festas do que em tratar dos verdadeiros problemas das àreas à sua responsabilidade.
Enquanto se anda em andanças e cantorias tudo parece estar às mil maravilhas, no entanto, contínuamos a ver carros a serem lavados no meio da rua de forma abusiva, o lixo continua a ser lançado para o meio da rua, a música continua a tocar estridentemente às mais diferentes horas do dia ou da noite, os actos de vandalismo vão-se sucedendo nas infra-estruturas...
Ou seja, a fiscalização e acompanhamento que a GEBALIS deveria fazer, de forma insistente, aos prédios sob a sua responsabilidade, a fim de verificar a legalidade e normal vivência de acordo com as regras sociais, acaba por ficar para segundo plano no meio disto tudo.

João Correia

joao correia disse...

"A PSP de Lisboa anunciou ontem a detenção de três jovens por suspeita de tráfico de droga após uma busca domiciliária na Alta de Lisboa, em que foram apreendidas milhares de doses individuais de cocaína e pólen de haxixe."
In Correio da Manhã, 03/08/2006

Alguma acção disciplinar prevista pela GEBALIS? Mantêm a casa DADA pelo Estado, as regalias?

Ah, pois, já me esquecia que agora o mais importante é garantir a música para o fim de semana.

João Correia

Ana Louro disse...

Entretanto linquei o site da GEBALIS - Gestão de Bairros Municipais de Lisboa, EM no texto, mas encontram-se "...neste momento em reestruturação".

Rodrigo Bastos disse...

O site da Gebalis está em remodelação à mais de um ano...

joao correia disse...

Que conveniente.
Aliás, é mais do que conveniente.
Isso só demonstra a visão das pessoas que gerem a GEBALIS. Eles estão muito à frente de todos nós.
Um site na internet activo? Nos dias de hoje? Com endereço de email para onde as pessoas podem reclamar e chatear-nos a toda a hora com problemas?

O melhor mesmo é fazer logout e ir ouvir mais um ranchinho à moda do norte...e já agora, esperar pela remodelação...

João Correia