sábado, 3 de janeiro de 2009

Gebalis pede devolução de 5.478.104€ a ex-gestores [actualizado]

Os ex-Gestores da GEBALIS, Francisco Ribeiro (Presidente) e Mário Peças e Clara Costa (vogais) estão acusados de se terem divertido à grande com os cartões de crédito da empresa entre Março de 2006 e Outubro de 2007. Aguardam julgamento. Esperemos que seja rápido e justo.

O Correio da Manhã noticiou ontem mais um capítulo desta história escabrosa. A GEBALIS processou os três ex-gestores e pede a devolução dos 5.478.104€ gastos indevidamente, acrescida de mais 500.000€ de indemnização.

Neste link e neste há mais pormenores deliciosos a acrescentar à longa lista de gastos publicada no CM.

Fazemos votos, caso sejam considerados culpados pela Justiça, que os três ex-gestores consigam trabalhar honestamente para pagar as suas dívidas ao Estado.


Actualização: João Nabais contratado como advogado da GEBALIS.

4 comentários:

Anónimo disse...

Que 2009 seja um ano de viragem no combate à corrupção e esta gente pague a sério pelos seus crimes.

Anónimo disse...

Duvido que sejam condenados. Desde quando se viu alguém em Portugal ser preso por corrupção ou peculato?

Anónimo disse...

Por uma ninharia dessas nem sei se valerá a pena estar a gastar-se dinheiro com um Advogado....

JP disse...

Curiosamente o artigo não menciona o(s) partido(s) que os nomearam e que os mantiveram no poder... deve ter sido esquecimento.