quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O estranho caso da monovolume na passadeira

Não sou Poirot nem Sherlock mas este caso intriga-me.
Diariamente, seja a que hora for, está estacionada mesmo antes da passadeira em frente ao colégio São Tomaz uma carrinha monovolume. Uma monovolume que tapa completamente a visão a quem vem a descer a avenida.
Ou seja, nunca conseguimos ver os miúdos na passadeira.
É parvo, estúpido, perigoso, desrespeita a lei e - opinião muito própria- é mais uma prova de estatuto social não dá educação nem civismo.

E sim, a Divisão de Trânsito está mesmo em frente.

12 comentários:

José disse...

Aposto que é do dono do colégio...

Anónimo disse...

Eu também já me perguntei quem é o/a idiota que faz aquilo todos os dias...!
Obrigando-me desnecessariamente a parar, para evitar "esborrachar" alguma criança ou adulto na passadeira...!
E ao parar fazemos demorar o trânsito que chega a encher a avenida das conchas (não sei o nome...)

Anónimo disse...

A divisão de trânsito é super útil para multar os automóveis estacionados em frente ao Pingo Doce de Segunda a Sexta... sim porque ao Sábado e ao Domingo já se pode estacionar indevidamente.

Mr. Steed disse...

os carros estacionados em frente ao pingo doce merecem as multas. estão estacionados em local proibido e, além disso, perigoso.

Porque razão o policiamento não é feito aos fins-de-semana é algo que, sinceramente, me escapa.

Por outro lado, demonstra quão indisciplinados e incivilizados somos com os nossos carros.

no que diz respeito à passadeira em frente ao colégio pois não sei de quem é a viatura mas que é um disparate lá isso é.

Anónimo disse...

Boa tarde

Também já reparei e enviei a questão por escrito,à um mês atrás.( não obtive resposta)

Qual o motivo de multarem os estacionados em frente ao Pingo Doce( e bem), quando mesmo em frente à divisão de Trânsito constatamos que existem carros estacionados em plena faixa de rodagem, e pior ainda, com apossibilidade de estacionamento em espinha uns metros atrás.
Enfim....
Sofia
PS:tb já reparei na dita carrinha e o pormenor do policia mesmo em frente .

Anónimo disse...

Rectius, dinheiro - mesmo em barda - não confere estatuto social. Antes agiganta o que se é: se gente fina, esconde-se e dá finesse, se lorpa, dá em gritante boçal, daqueles tipo sapo inchado que nenhuma beijoca transforma em nada senão em Transformer...

Gonçalo disse...

O mais curioso é que o Pingo-Doce paga a primeira hora no estacionamento coberto aos clientes que façam compras superiores a 5€, basta pedir na caixa o talão de desconto.

Mr. Steed disse...

pois paga e o parque costuma estar vazio. ainda hoje a comitiva do Viver na Alta deu o exemplo e deixou lá o Vivermobile durante a entrevista na UPAL.

Anónimo disse...

Seja como o for, a passadeira em frente à escola consegue provocar algum valente trânsito pela manhã.

Seria assim tão mau pensar-se numa passagem superior em frente à escola?

Resolvia o problema dos automobilistas e dos alunos/pais/funcionários da mesma...

Anónimo disse...

esse monovolume é de um agente da polícia!

assinado:
o agente!

Anónimo disse...

Não é nada !
É meu, eu chamo-lhe SUV e não monovolume !

assinado:
dondoca !

Anónimo disse...

seja de quem for a dita carrinha,esta muito mal estacionada,transtorna o transito,e ainda poe em perigo a vida das pessoas,sejam as crianças ou os pais dessas crianças,ou os funcionarios da escola.A policia ali em frente nao fazer nada,é que é dificil de perceber,será que a policia tem algum acordo secreto com o respetivo dono da carrinha???
nunca saberemos,mas sabemos que é um colegio carissimo,onde de certeza circula muito dinheiro á la vista,e por isso a sensaçao que as pesoas com dinheiro podem fazer o que querem e simplesmente sairem impunes.Tente um dos pobres deixar la o seu carocha a ver quanto tempo resiste sem uma multa ou um reboque.