sexta-feira, 26 de setembro de 2008

O pico do petróleo em imagens

Anda muita gente distraída com os problemas do colapso financeiro da nossa sociedade moderna. O facto é que a raiz do problema reside nos recursos, ou seja, na forma como os utilizamos.
O petróleo é um dos principais recursos energéticos das sociedades modernas. Este recurso, finito e não renovável, é responsável pelo grande crescimento económico da última centena e meia de anos.
Este filme explica muito bem e de uma forma simples a teoria do "peak oil" ou pico do petróleo, tema da maior importância nos dias que correm:

6 comentários:

Anónimo disse...

Outra vez o pico do petróleo? Mas até quando vamos estar a falar disto neste blog? Falem de coisas realmente importantes para a Alta!

Pedro Veiga disse...

Ora, ora! Isto é muito importante, sobretudo para o dia a dia das cidades. A vida urbana actual está inteiramente dependente deste recurso. Não sei se já reparou...

Tiago disse...

Sim, e a subida das taxas de juro também estão relacionadas com o problema do petróleo.

E a morosidade das obras na Alta, o incumprimento da calendarização, é consequência da crise global. E tudo isto está relacionado com a crise do petróleo.

Mr. Steed disse...

é o que eu digo...está tudo ligado...

Bruno disse...

Mas apesar de isto ser verdade a escalada do preço do petroleo actual não se deve à falta dele mas a pura especulação bolsista. A propria OPEP já afirmou isso . De qualquer forma Portugal tem de apostar ainda mais , e cada vez mais , em energias renovaveis .
Fazendo a ligação do tema à alta de Lisboa , nós como condóminos temos de começar a pensar em apostar tb em energias renovavais . Nos Jardins de S Bartolomeu já começamos ... foi aprovado em assembleia , e já está em andamento a instalação de paneis solares para produção de energia electrica . O objectivo é produzirmos tanta energia como aquela que gastamos tornando-nos energeticamente autosuficientes . E porque não fazer o mesmo nos restantes condominios da Alta ? Tornar a Alta de Lisboa uma cidade Verde :)

Henrique Relogio disse...

Brevemente tenciono colocar um post com mais informação sobre o projecto de Energias Renovaveis nos Jardins de S. Bartolomeu.

Espero que este projecto possa vir a seguido por outros como já foi escrito pelo Bruno.