quinta-feira, 19 de junho de 2008

Passadeira na Rua Helena Vaz da Silva

Esta é difícil explicar. Há muitos anos, quando esta rua foi feita, rebaixaram o passeio nalguns locais antecipando a pintura das passadeiras de peões. Faz sentido este rebaixamento, para permitir carrinhos de bébes e cadeiras de rodas poderem atravessar com maior comodidade, descendo o passeio ao nível da rua. Um alternativa melhor ainda, pelo menos no garante da segurança do peão por obrigarem a um real abrandamento dos automóveis, é a elevação da estrada, na área da passadeira, ao nível do passeio. São as chamadas passadeiras sobreelevadas que terão cada vez mais adeptos no futuro. Aqui, na Rua Helena Vaz da Silva, optou-se pelo rebaixamento do passeio.

Depois faltou pintar a passadeira. Muitos emails foram enviados para a CML, todos eles em vão. Nem respostas, nem preocupação, nem passadeira. A incompetência habitual que só é lamentada quando alguma tragédia ocorre. Deve ser por Portugal ser um país quentinho, onde apetece muito dormir a sesta.

Mas eis que agora surge finalmente a passadeira! E começa então a explicação escanifobética, para a qual peço a vossa atenção à fotografia: Vê-se duas passadeiras, uma branca e outra preta. Esta última foi um engano, parece. Pintaram-na mas arrependeram-se e passaram-lhe corrector a seguir. O rebaixamento do passeio existe agora onde está a passadeira a preto. Mas não existia, era antes onde está a passadeira a branco. Foi portanto necessário rebaixar um passeio e subir outro, no mesmo cruzamento, e a localização da passadeira está indecisa.

Não sei por que ordem de acontecimentos se deram estas esforçadas melhorias rodoviárias, mas custa-me um bocadinho imaginar como foi isto coordenado.

25 comentários:

Anónimo disse...

moro em frente e passo a explicar:
1º- rebaixaram o passeio
2º- numa noite pintaram a passadeira
3º- duas noites após e primeira pintura, torna de a pintarem de preto...!

hello???
há alguém que me parece ser daltónico...

tanto está mal o rabaixamento do passeio como a posterior passadeira!!!

são mesmos estúpidos!!!

Pedro disse...

Há muitos anos, foi exibido na RTP um programa humorístico inglês - "The Goodies". Lembro-me de, num episódio, os protagonistas fazerem um périplo pela África do Sul, vendo-se num dos sketches a forma como as passadeiras eram utilizadas, em consonância e coerência com o apartheid: os cidadãos brancos pisavam só os troços brancos, os restantes os troços negros.

Conhecedores do crescimento populacional previsto para a Alta e temendo a futura sobreocupação da única passadeira da avenida - e previdentes como são - os serviços da Câmara devem decidido ter mandado executar logo duas e, temendo porventura confrontos interpopulacionais, logo decidiram faze-las em jeito separativo. Perante estas calinadas - que custam dinheiro, aquele cuja falta tem servido de pretexto para com nada avançar - da CML, só mesmo esta piada sem gosto.

Pedro disse...

Falando mais a sério: a primeira passadeira estava localizada a seguir a uma paragem de autocarro, o que poderia originar situações perigosas para os peões (um automobilista que ultrapasse o autocarro parado pode ser confrontado com o aparecimento inopinado de um peão sem ter tempo para travar). Ainda que tenha obrigação de abrandar perante uma passadeira - sendo por isso a responsabilidade do acidente toda sua - é natural que a entidade gestora do tráfego promova soluções de segurança passiva (ou preventiva) evitando criar situações em que é a própria sinalização a possibilitar acidentes. Nesta ordem de pensamento, faz mais sentido uma passadeira a montante da paragem.

O que não faz sentido é os serviços da CML só terem dado por isso a posteriori. Ou são distraídos ou esqueceram-se de verificar o projectado quando deram luz verde à Carris para ali instalar a paragem. Ou, pior, mandam pintar as passadeiras para ver como fica e depois se decidir.

Mais uma vez - como, por exemplo, no caso do muro que separa o Colégio de S. Tomás e a Quinta das Conchas em que os serviços nada assumiram e que o Gabinete do Vereador deixou cair no esquecimento - se deita dinheiro fora sem grandes preocupações em apurar responsabilidades e sancionar os responsáveis.

Afinal, parece que a diferença entre os "tempo do descontrolo orçamental" e o presente não é assim tão grande... Como poderia ser, se os serviços são os mesmos, continuam a fazer o que lhes apetece, continuam a dar a volta aos assessores e restante pessoal dos vereadores e continuam impunes nos seus silêncios e nas suas faltas?

Alguém sinceramente acredita que o inquérito lançado na semana passada para apuramento de responsabilidades no caso da falta de pintura de esquemas de segurança rodoviária à porta das escolas vai dar a algum lado?

Mr. Steed disse...

ena...mais alguém que se lembra dos Goodies!!!!

isto das passadeiras é realmente muito parvo.

mas estão entusiasmados. Hj ao pé do Pingo Doce estavam uns quantos senhores a pintar mais uma passadeira.

ainda a propósito da segurança e das sub-espécies criança-beta e criança-chunga, uns metros antes do sítio onde estavam a pintar a passadeira atravessaram-se de repente à frente do meu carro duas crianças-betas com o uniforme do Colégio de S. Tomás. Aquilo também é a descer e as mocinhas atiraram-se para a estrada sem olhar.

Felizmente eu ando devagar (se virem um gajo a andar devagar aqui na alta sou eu) e com um cheirinho de travão o carro parou.

Conclusão: para mim ficou provado que quando se trata de ser criança e de poder levar com um carro em cima tanto dá ser beta como chunga. O efeito é o mesmo. O que raio andavam aquelas crianças a fazer no meio da estrada à uma da tarde?

Tiago disse...

Aposto que iam para casa de algum deles tirar fotografias com pistolas de brincar, a fingir que eram bué de maus.

Mr. Steed disse...

tu és mau Tiago :)))

se calhar iam só comprar pastilhas ou assim...eram duas meninas.

Anónimo disse...

Tiago and Pedro
Maybe you should be working on your jokes.

Tiago disse...

:)

And maybe you should be working on your sense of humor and fair-play.

Anónimo disse...

é isto um blog...
com private joks???

vão trabalhar malandros!!!

Anónimo disse...

onde estão os comtentários dos outros posts???

já sei cada um lança uma joke mas só assinala aquilo que gosta de ler...

democracia WHERE ARE YOU?

Pedro disse...

Desculpe anonimo em ingles mas a joke nao e minha, e dos goodies. Ou nao e do seu tempo - e devo dizer que as piadas desse tempo (contemporaneas das dos Flying Circus), de tao politicamente incorrectas nao sao mesmo deste seculo - ou o moralismo anda a azedar-lhe o sentido das proporcoes.

E a proposito, o meu ingles e fraquissimo: quis dizer que eu e o Tiago deviamos a comecar a ganhar dinheiro com as nossas piadas ou que as nossas piadas dao trabalho?

Anónimo disse...

Wankers.

Ricardo disse...

Essa "passadeira" corrigida deve ser para provocar emoções fortes ao pessoal das motas... ainda não passei lá, mas pelos reflexos na fotografia, parece-me bem lisinho. Nas situações em que se vê mal a "correcção", imagino o resultado de alguma travagem que seja necessário fazer em cima dessas "coisas"... :S

Mr. Steed disse...

é bem visto. sim, aquela tinta correctora é bem lisinha e escorregadia. mesmo a preceito para um motociclista travar e acabar ao colo do peão que está na passadeira.

Anónimo disse...

bonito, bonito foi passar ontem pelas 18:00 em frente ao colégio S. Tomás. Aparentemente devia haver alguma reunião dos papás e da mamãs das criancinhas e essa gente toda educada e betoza não foi de modas... nas barbas da esquadra de trânsito da PSP (com 1 elemento à porta e tudo )encontramvam-se dezenas de viaturas estacionadas em cima do passeio central ao longo das duas bermas (mesmo até à porta da esquadra) na curva seguinte e continuando até depois da rotunda. Conclusão sobrava uma faixa e meia para o trânsito. 1 pequena maravilha vinda da população que supostamente deveria ter um grau de instrucção e cisvismo superior ao dos apelidados xungas da Alta...e o q a PSP fez ? nada , pura e simplesmente nada !!! hoje estão a pintar 3 setas no sentidos descendente da Helena Vieira da Silva (em frente ao P Doce) querem fazer ali uma Autoestrada ?? eh eh.. não pintam passadeiras qd devem e depois desperdiçam verbas em paneleirices destas !!!!

Mr. Steed disse...

o que será que acontece se um de nós for fazer queixa lá à PSP?

da próxima vez que vir isso pode tirar uma foto e mandar aqui para o blogue? às vezes com imagens eles ganham vergonha.

tb vi hj as setas (aquilo que ontem tomei erradamente por pintura de uma passadeira).

será que a polícia vai meter ordem no estacionamento em frente ao Pingo Doce?

Luis Ferreira disse...

e o espaço que está cercado da rede laranja do qual foram retiradas as pedras da calçada , é para colocar uma paragem da Carris ?

Anónimo disse...

Presumo q sim, e dado o comprimento desse tipo de veículos, vai acabar por inevitavelmente obstruir a passagem dos veículos que provêem da rua prependicular à Helana Vaz da Silva.... mais uma digna do Ruanda ou do Burquina Faso !! Portugal allez, Portugal allez ..... viva a bola e o resto é conversa !!!!

Luis Ferreira disse...

por acaso , no local onde está a agora "passadeira preta" , costuma estar estacionada uma carrinha que tira toda a visibilidade caso queiramos virar à direita (direcção da quinta das conchas).
Não faço ideia das regras relativas à localização das passadeiras , mas parece-me que faria mais sentido estarem longe de curvas como esta.

JRui disse...

Certamente que os vários pedidos para colocação de uma passadeira neste local deveriam estar dispersos por esse vasto mundo que deve ser a CML com os seus departamentos e departamentozinhos e chefes e chefinhos e, quando aconteceu o atropelamento da jovem Joana e houve a expressão que houve, deve ter havido muito pânico e ordens com fartura para pintura de passadeiras aqui no local e claro a desorientação aconteceu.
Ficará certamente uma certidão marcada no chão assinada por um dos tantos inteligentes que grassam nessa CML e nas mãos de quem estamos.
Seria muito bom também que a PSP - cujo trabalho se tem revelado de superior qualidade e que justifica a minha admiração - começasse efectivamente a controlar também o estacionamento abusivo em cima dos passeios, que na maior parte das vezes até nem se justifica, que danifica os passeios e pode causar danos aos transeuntes, por exemplo a invisuais ou pessoas com dificuldades de visão.
Há muito a fazer no capitulo educacional de alguns dos nossos vizinhos.Talvez seja só exibicionismo bacoco, não sei, coisas deste nosso terceiro mundo.
A fotografia das passadeiras está excelente, não consigo deixar de ficar irritado sempre que olho para ela.Parabéns

Anónimo disse...

E o mais espantoso é que "apagaram" a passadeira, mas a sinalização vertical continua lá! é uma passadeira ou não? tem sinalização vertical e uma estranha sinalização horizontal!
cr

Anónimo disse...

E pronto, ponto final na telenovela.
A passadeira preta passou em definitivo a branca e a branca passou a preta.Aconteceu tudo hoje 28.06.2008.
Que agitação caramba , parece NY às vezes.

Ricardo disse...

É, passei por lá quando estavam a fazer/desfazer/refazer essa... coisa!

Será que prometeram aos trabalhadores da CML pagamentos por horas extraordinárias, e para tal toca de andar a pintar sinalização horizontal aos Sábados????

Ricardo

Anónimo disse...

Como se não bastasse, no passado Sábado (naquele dia fresco q se viu)foram colocadas mais bandas sonoras no cruzamento da Helena Vaz da Silva com a Azinhaga da Musgueira. Na 1ª apenas foram considerados como tunnings e assassinos da estrada os moradores do lado do C. Torre, já que no outro lado (junto à casa dos frangos) nada foi colocado. Quanto à azinhaga da Musgueira, foram colocadas mais uma 4 ou 5 bandas a juntar às 3 já existentes. As preces de alguns dos fundamentalistas do Viver foram ouvidas !!! acho é que houve discriminação na escolha dos locais.... a Vaz da Silva no quarteirão junto às malfadadas passadeiras do "pinta/apaga" tinham uma extensão que permitiria ter aí umas 30 bandas sonoras (até já estou a ver os olhos a brilhar de alguns ..) além de ser um local de passagem de bastante mais população... e agora ??? agora para sairmos à rua vamos ter q comprar jipes, caso contrário de 6 em 6 meses têmos q substituir os amortecedores dos nossos veículos...

Anónimo disse...

condicionados estarão os condutores dos automóveis e outros veículos que circulem na Alta... JÁ REPARARAM NA QUANTIDADE DE LOMBAS QUE ESTÃO A COLOCAR NOS CRUZAMENTOS? JÁ REPARARAM QUE AS PRÓXIMAS IDAS DOS VEÍCULOS DA ALTA SERÃO ÀS OFICINAS PARA REPARAREM OS AMORTECEDORES??

MAS QUE CHATICE!!!
AH! E PINTARAM HOJE OUTRA PASSADEIRA... É A QUE TINHAM PINTADO DE BRANCO E DEPOIS DE PRETO!!!

SÃO MESMO BURROS!!!
VEJAM LÁ!