quarta-feira, 25 de junho de 2008

Novas ruas no Alto do Lumiar

Primeiro as senhoras: Maria de Lurdes Pintassilgo, única mulher a ter ocupado até agora o cargo de Primeiro-Ministro de um Governo em Portugal, entre 1979 e 1980, também candidata a Presidente da República em 1986, e falecida recentemente, em 2004, irá ter o seu nome atribuído a uma rua aqui no nosso bairro.




Também Martin Luther King, célebre activista defensor dos direitos civis nos Estados-Unidos, assassinado em 1964 pouco depois de se ter tornado o mais jovem Prémio Nobel da Paz de sempre, irá dar o seu nome a uma rua no Alto do Lumiar.



Pequenas coisas que enobrecem a zona onde vivemos.

14 comentários:

Anónimo disse...

Só falta a rua Salazar, Avenida Franco e a Alameda Hitler e a Travessa Mussolini mais o Páteo Karl Marx...

Não Há Pachorra!!!

Preocupem-se com coisas que realmente interessam aos leitores!!!

Carlos disse...

Na sessão de câmara de hoje gualmente vão ser discutidas duas outras propostas: uma para atribuir à Praça Sul, na Malha 20.1, o topónimo Praceta Fernando Valle e outra atribuir ao Eixo Pedonal entre as Malhas 19 e 20.1 o topónimo Jardim Maria da Luz Ponces de Carvalho.
Em relação a esta última proposta, embora não conheça os termos da mesma, parece-me discutível atribuir um topónimo apenas a uma parte do Eixo. É curto face às caracteristicas singulares do Eixo na cidade de Lisboa.

whocarez disse...

Para além de atribuir os nomes, as ruas também devem receber as placas. Por exemplo a avenida Sérgio Vieira de Mello continua sem placa a identificá-la. (E por não ter placa é que nos mapas dos "gps" continua a não estar identificada ..)

Tiago disse...

WhoCarez, tem toda a razão. É uma das principais falhas aqui da Alta. A CML decide pintar passadeiras mas não as pinta, a CML decide atribuir nomes de ruas mas não coloca as placas. Há uma forma de de os avisar, enviar emails, dar conheciemnto desses emails à comunicação social, associações e movimentos cívico. A união faz a força.

Carlos, concordo que o eixo merecia um nome só.

Troll das 11h05, a população da Alta de Lisboa está em pulgas para que exista mais gente empenhada e disponível para acrescentar algo de interessante e inteligente ao bairro. Iniciativas, informação, participação. Vómito de troll é que já enjoa, cheira mal.

Anónimo disse...

Martin Luther King Jr., senao fica a rua com o nome do pai.

Anónimo disse...

O bairro da Cruz Vermelha podia chamar-se o bairro das Marias.
Todas as ruas tem o nome de Maria.
Adorei verificar no google maps.

Quem escolhe os nomes para as ruas?
o povo pode propor nomes?
So sera decidido o nome de Fernando Valle para a praca sul dos JSB, hoje?!!!!!
acho que o blog malha 20.1 da essa noticia ha mais de um ano.
De facto as pessoas tem razao, isto assim e demais!

Anónimo disse...

Onde ficam estas ruas?

Pedro disse...

Quem decide os nomes das ruas é a Comissão Municipal de Toponímia da CML, sob proposta dos serviços. Penso que os cidadãos podem propôr nomes também. Não são - pelo menos não eram há uns tempos atrás, da última vez que verifiquei - aceites propostas para personalidades ainda vivas. Estou só a referir-me à prática de Lisboa, obviamente.
Veja-se aqui - http://www.cm-lisboa.pt/?id_item=16231&id_categoria=11 - a noticia sobre a tomada de posse da Comissão actual, ou aqui - http://www.cm-lisboa.pt/index.php?id_categoria=96&id_item=5800.

Dada a abertura com que têm aceite tratar das reclamações e propostas do cidadãos que os contactam, sugiro envio de propostas de nomes para as ruas ao Gabinete dos Cidadãos por Lisboa, uma vez que, aparentemente, parece ser o caminho menos provável de ser perdido nos meandros da estrutura.

Se, de facto, a rua se vai chamar MLKing sem o Jr. é uma argolada e peras.

E para terminar: aqui -http://www.cm-lisboa.pt/?id_categoria=96&id_item=5802 - podem-se ver as alternativas propostas pela CML para as placas. Na ausência das desenhadas para a Alta parece estar explicado o porquê delas não estarem ainda colocadas.

Carlos, porque é que o Eixo Pedonal se vai chamar - aparentemente - nuns sítos "jardim" e noutros, provavelmente, "via" ou "passeio" ou alameda"? A CML não apreendeu a noção de conjunto da coisa ou cortado em bocados rende mais homenagens?

Anónimo disse...

Sr. Tiago tem toda a razão. Mas a questão é muito pertinente. Diga-me e embora toda a ideologia politica que defende certamente, mas, compreende que de facto foram pessoas que marcaram a história! Tanto para o bom como para o menos bom. Assim como Maria de Lurdes Pintassilgo. Foi incompreendida por uns e pedra importante para outros. Dou-lhe o exemplo de Álvaro Cunhal. Sabia que um dos próximos aviões da TAP terá este nome? Não sei se irei viajar nele, mas faz-me sempre pensar num tipo comunista que admiro, embora não seja partidário. Imagina Paulo Portas a viajar nesse avião? Não creio. Pergunta: Concorda com o facto da ponte 25 de Abril ter sido baptizada com esse nome? O que fez o 25 de abril para além da liberdade e da entrada para UE... só seu em muita mais miséria e péssima distribuição da riqueza. POr este andar iremos ser o "brasil" da europa. Sou um euro-ceptico e cada vez mais. Deixo aqui a pista: há alguém que consiga explicar o que é o tratado de Lx e que consequências terá para nós Portugal?


André Lima

Mr. Steed disse...

Sim sei.

É um tratado que visa sobretudo dotar a União Europeia de mecanismos que impeçam um estado membro de bloquear resoluções. Isso pode ser bom em alguns casos mas também tem um lado negativo porque retira poderes aos países mais pequenos e reforça a representatividade dos países de maiores dimensões.

A partir de 2014 pretende-se que passe a funcionar a maioria dupla (55% dos estados membros, com um mínimo de 15, que englobe 65% da população).

Reforça o poder do Parlamento Europeu como representante eleito da vontade dos Europeus.

Fim das presidências rotativas entre estados-membros. Criação da figura do Presidente do Conselho Europeu. Será criado igualmente o cargo de Alto Representante para os Negócios Estrangeiros o que visa dotar a União de um interlocutor único no âmbito da política externa e segurança europeia.

Outras alterações como a consagração da possibilidade de um estado-membro sair da União.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Lisboa_(2007)

e

http://europa.eu/lisbon_treaty/index_pt.htm


Estes são os factos. Levei 20 minutos a perceber o essencial do Tratado de Lisboa.

O resto é debate político que é perfeitamente legítimo.

Carlos disse...

Pedro,
Não sei a resposta... Acho que ninguém saberá...
Não faz qualquer sentido. O Eixo Pedonal devia ter só um nome, que até podia ser "Eixo Pedonal". Dividi-lo é desvalorizá-lo.

Mr. Steed disse...

No final de contas até é bem capaz que pegue esse nome e que a toponímia oficial fique esquecida.

Anónimo disse...

Alguém sabe que existe e onde fica aqui na Alta a Av Alvaro Cunhal???...

Anónimo disse...

A Av.D.Álvaro Cunhal é aquela que faz a ligação entre a rotunda das Oliveiras (Carris)e aquele maravilhoso entroncamento/cruzamento/balbúrdia que dá acesso à quinta das Conchas e dos Lilases