terça-feira, 4 de março de 2008

Blog da Mediateca apresentado à comunicação social


Foi apresentado ao público, depois de duas rápidas semanas de testes e aprendizagem da ferramenta, o blog da Mediateca, uma das valências do Centro Social da Musgueira. Numa conferência de imprensa apresentada por Constante Rodrigues, Coordenador da Mediateca, foi referida a "importância desta nova forma de comunicação para o exterior, a utilização e domínio das novas tecnologias por parte dos jovens que frequentam a Mediateca e a possibilidade de interacção da jovem redacção do blog com todos os frequentadores do espaço e moradores da Alta de Lisboa."

O Viver na Alta de Lisboa - BI cívico e o seu blog, dão as boas vindas à Mediateca nestes primeiros passos no mundo digital e deseja a continuação do excelente trabalho realizado até hoje.

13 comentários:

Anónimo disse...

Que categoria ... já não era sem tempo ... boa sorte

Anónimo disse...

que maravilha!
ana

Anónimo disse...

Parabéns por tudo e ainda pelo blog....
df

Anónimo disse...

só espero que o excelente trabalho que este blog deseja seja visível tanto lá dentro como cá fora (infelizmente não é o que acontece com os frequentadores da mediateca que, quando saem de lá à noite, provocam cenas de vandalismo nos condominios em redor...)

se lerem e estiverem a assistir perceberão!!!

Tiago disse...

Caro anónimo, decerto terá razão. O Centro Social da Musgueira trabalha há mais de 40 anos com adolescentes de um bairro problemático. Estimula-lhes e fornece, durante as actividades que oferece, uma linha de conduta que não se coaduna com o comportamento que testemunha. Nem todos transportam para o exterior essas regras, mas garanto-lhe que muitos levam da Mediateca bons exemplos de comportamento que se estendem no resto do tempo. A missão do Centro é precisamente essa, a de tentar canalizar produtivamente a energia dos seus utentes.

Generalizações são sempre abusivas e injustas. Eu detestaria que me acusassem de ter vandalizado o Parque Oeste naquela segunda feira de cheias, por ter entrado com o meu automóvel por caminhos e relvados.

E o anónimo, não se importava?

Anónimo disse...

Longe de mim ter feito isso... até porque não tenho um TT...

Mas se o fez deveria ser penalizado por isso assim como outros que andaram em vias específicas para automóveis o foram... aliás, prezo aqui a minha homenagem a todos os que levaram com aquela chuva! que coragem!

mas se o fez esteve consciente dos riscos que corria!!! generalizar o passar o parque Oeste com o carro só me leva a pensar no seguinte:
Será que não seria melhor estar quieto... como muitos de nós estivemos em muitas ruas da cidade de Lisboa?

Anónimo disse...

Caro anónimo, ainda hoje consigo espantar-me perante pessoas de vistas curtas (se calhar coincide com o QI ou mesmo QE), se todos pensássemos assim o mundo acabaria num amontoadao de guetos???
Viva portanto a Xenofobia, o racismo e talvez mesmo o sexismo!!!
Brilhante!!! Como não hão-de haver guerras no mundo!!!
Parabéns caro anónimo, gosto ver que há pessoas como o senhor para subir a minha auto estima, é que fico com a certeza que sou muita boa!!! EHEH!!!
MJ

Mediateca disse...

Caro anónimo,

A fotografia não é a realidade, como tão bem sabe ... a realidade é sempre mais bonita porque mais verdadeira.
Na Mediateca, fazemos muito pouco ... mas uma coisa que ensinamos é não fazer aos outros o não gostamos que nos façam a nós; parece-me que ficou prejudicado, e eu também, pois o vandalismo empobrece o espaço público, mas decide fazer que lhe fizeram ... "vandalismo" verbal sobre o que não conhece, destruindo e danificando a propriedade moral dos outros, mais difícil de reparar que a propriedade material que foi danificada.
Pelos vistos foi o que supostos jovens fizeram sobre aquilo que não lhes pertenciam,e muito mal, pois não têm sentido de respeito pelo trabalho e bens dos outros, pois não sabem o que a vida custa e o trabalho que está por detrás de cada coisa, algo que vossa excelência também não parece ter. Parece-me muito parecido com os jovens que frequentam o espaço e nós acreditamos sempre que eles irão mudar ... tal como acredito que você foi um pouco precipitado e reactivo.
Procuramos que enquanto estiverem na MEDIATECA NÃO ESTEJAM A DANIFICAR ... Mas não somos responsáveis pelo que fazem lá fora ... não somos seus polícias. Isso é uma responsbilidade de cada um.
Lamento e repudio todo o tipo de vandalismo ; não apoio o acto dos jovens nem dos

PS - venha conecer-nos !

Sobreda disse...

Parabéns (de novo) à Mediateca.
A sua divulgação havia também já sido feita a 24 de Fevereiro no URL http://cdulumiar.blogs.sapo.pt/231351.html
Continuação de bom trabalho.

Tiago disse...

Pois, Sobreda, mas esse anúncio antes do lançamento oficial foi feito graças a contactos privilegiados, concerteza. A redacção do Viver, ainda inexperiente nesses meandros, apenas tomou conhecimento quando recebeu a notícia por fax via LUSA e, logo a seguir, a viu passar em rodapé no BBC World.

Anónimo disse...

Gostaria de afirmar aqui uma coisa:
condeno o vandalismo mas quero dizer que acho que há demasiado nesta zona e só não vê quem não quer... acham normal as fachadas dos prédios estarem partidas e cheias de grafites???
acham normal os miúdos andaram a tomar banhos no que deveriam ser um espaço de lazer (com banhos proibidos) no parque oeste???
acham normal voarem pedras da escola e os carros que ali passam levarem com elas (escola da estrada da torre como que descem para o colégio j.s.brito)???
acham normal grupos de jovens ameaçarem idosos e outras crianças com os cães que trazem a seu lado???
acham normal irmos ao café e os putos (digo meninos muito pequenos)
estarem a mexer nas nossas coisas e os paizinhos ainda "ralharem" connosco???
acham normal lavarem carros na via pública???
acham normal andarem buggies a atirar vidrões para cima de outros carros???
acham normal não haver muita gente que mora nestes condominios ter medo de andar na rua???

acham normal tudo isto???
eu não acho e este "pseudo-bairro" de integração tem um problema, quanto a mim: o vandalismo psicológico imposto por quem acha que está acima da lei...
lei que nunca é cumprida
lei que está sempre a ser quebrada
lei que não existe

vandalismo que está sempre presente

agora pergunto:
há alguém que fala alguma coisa para travar tal situação???
não!!!

e porquê?
porque o sistema apoia estas pessoas... também a pagar rendas de 20, 30 euros...!!!

e ainda estão descontentes e dizem de boca cheia que querem casas!!!!

FAÇAM COMO OS OUTROS:
POUPEM
GASTEM MENOS NOS CAFÉS E PEQUENOS ALMOÇOS (SÍTIOS SEMPRE CHEIOS)
E VÃO AO BANCO E FAÇAM UM EMPRÉSTIMO

VERÃO QUE ASSIM JÁ O FACILITISMO
DIFICULTARIA AS COISAS

Anónimo disse...

Por favor!
Este blog e feito por adolescentes. Nao os seus pais.
a maioria das pessoas na foto, nao sao imputaveis pela lei.

O que e que podemos para impedir o vandalismo provocado por adolescentes?

CCTV, policiamento, corte de beneficios a familias cujos adolescentes nao cumprem a lei.

chamar-lhes nomes na net nao funciona!

Ana B. disse...

Esse é que é o ponto... o que fazer perante este tipo de comportamentos? Não consigo perceber o que realmente pensam ou propõem... nem a vantagem de criticar abertamente um espaço como o da Mediateca do C.S.Musgueira. O que propõem? que um espaço como este feche? será que a Mediateca potencia o vandalismo? ou antes, o minimiza com a sua acção educativa e preventiva de comportamentos de risco? Não chegará a ser completamente eficaz relativamente a todos os jovens que a frequentam, é certo, mas o caminho faz-se caminhando, não é? e além da influência dos adultos de referência que ali trabalham e da influência do próprio espaço e das actividades propostas, a Mediateca permite também uma aprendizagem pelos pares. Os jovens que repudiam igualmente o vandalismo e o desrespeito pelos bens comuns e dos outros são talvez a referência mais eficaz para os adolescentes que ainda não atingiram esse grau de maturidade. O exemplo é, sem dúvida, um argumento muito forte.

E como alguém dizia, não há nada como conhecer aquilo de que estamos a falar... vão conhecer a Mediateca! Serão recebidos de braços abertos e certamente rectificarão os juízos que fazem (seguramente por receio ou desconhecimento).

Eu conheço o trabalho que fazem junto dos adolescentes e jovens e posso garantir que, além da capacitação e desenvolvimento de competências pessoais e sociais, é um trabalho metódico apostado na formação humana. Muito válido.

Dou os meus parabéns à Mediateca pelo trabalho que desenvolve. Não sou das que penso que deveria fechar. Sou das que penso que deveria haver espaços como este por todo o país.

Parabéns pelo Blog! É apenas uma das coisas, de entre muitas, que os jovens fazem bem. Tem uma imagem fresca e convidativa. Eu vou passar por lá muitas vezes.