terça-feira, 15 de maio de 2007

Abate de árvores no Campo Pequeno

Petição online pela esclarecimento oficial dos motivos, pelo apuramento de responsabilidades. Assinar AQUI.

5 comentários:

Anónimo disse...

E se se preocupasse mais com os problemas da zona em que vive?????

Tiago disse...

E para si, caro cidadão com vergonha do próprio nome, quais são os problemas da zona em que vive? O portãozinho da garagem que está outra vez avariado? A separação dos lixos no seu condomínio? O IMI que vai pagar? Explique lá. E explique lá que conceito tem da teoria do caos que o faz pensar que os problemas dos ouros não são também os seus problemas?

Joana disse...

Primeiro, vieram buscar os comunistas.
Não disse nada, pois não era comunista.
Depois, vieram buscar os judeus.
Nada disse, pois não era judeu.
Em seguida foi a vez dos operários, membros dos sindicatos.
Continuei em silêncio, pois não era sindicalizado.
Mais tarde levaram os católicos.
Nem uma palavra pronunciei, pois sou protestante.
Agora, vieram buscar-me.
E, quando isso aconteceu, não havia mais ninguém para falar.

-Brecht-

Ana B. disse...

Caro anónimo,
Pense assim: se as árvores que estão agora a ser plantadas na Alta com tanto esforço, suor e lágrimas de tanta gente, (e espero que também com o seu "aval")forem um dia abatidas sem qualquer razão ou explicação, vai concerteza querer saber quem deitou por terra esse esforço, privou os seus filhos do chilrear dos pássaros, o seu carro da sombra ou o seu pulmão do oxigénio.

Sobreda disse...

Também o Partido Ecologista “Os Verdes” apresentou de imediato no passado dia 20 de Abril um Requerimento solicitando à CML esclarecimentos urgentes sobre este insólito e indiscriminado abate.
Ver http://osverdesemlisboa.blogspot.com/2007/04/abate-de-rvores-no-campo-pequeno.html

O caso poderá estar inclusive a caminho de Tribunal.Ver também http://osverdesemlisboa.blogspot.com/2007/05/abate-de-rvores-em-tribunal.html

Parabéns Tiago pelo bom trabalho no vosso bliogue. E que viva B. Brecht!