terça-feira, 11 de outubro de 2005

Limpeza das janelas dos Jardins de S. Bartolomeu



Eu até gosto de emoções fortes e actividades radicais, mas limpar estes vidros promete ser uma tarefa para intrépidos aventureiros. É mais uma questão que os futuros moradores dos Jardins de S. Bartolomeu terão de discutir. O ideal seria que arquitectos e construtores, com muito mais experiência nestas coisas do que nós, pudessem dar uma ajuda na discussão avançando com possibilidades técnicas. Como pode o próprio morador limpar os vidros exteriormente, que empresas existem para fazer este serviço, quanto custa, etc.

Da minha parte, por enquanto, vou rever alguns filmes para apurar a técnica.

P.S. Para que não digam que estou a brincar com a situação ou a "infantilizar" a discussão, acrescento que já dispendi cerca de uma hora à procura na net de serviços de limpeza de janelas, mas não encontrei. Quando conseguir colocarei a informação nos comentários. Alguém me quer ajudar?

12 comentários:

João Baptista disse...

Gostei da alusão ao Indiana Jones.

Quando apanhou esta 'limpeza' não se questionou sobre o porquê dela ?

Será que vão começar a 'entregar' as fracções ou esperam que esta limpeza dure até as entregarem (entre Março e Julho 2006) ?

Bem, pelo menos deu para tirar uma dúvida colocada por outro blogger sobre se aquela pala aguentava alguém ... desde que devidamente preparado "à alpinista!"

Boas limpezas !

Tiago disse...

Não é uma limpeza para Março/Julho de 2006, de certeza. Será uma limpeza intermédia. Aquela secção pertence aos T5 que ainda não foram vendidos, e talvez tivessem algumas visitas agendadas.

Sei que eles costumam limpar os vidros antes qualquer visita.

Eu gostava de exerimentar, na próxima vez que for à minha fracção, levar um limpa-vidros daqueles com varão para testar a possibilidade de limpar os vidros a partir de dentro. Não me apetece estar a gastar mais dinheiro com estas coisas.

joana disse...

Uma coisa a tentar é daquelas coisas para limpar os aquários por dentro. Funciona através de iman: limpamos por fora e a peça complementar acompanha o movimento por dentro... (no caso das janelas, ao contrário). Convem que ambas as peças estejam ligadas por um cordel de tamanho adequado, para o caso da de fora se desprender.

O problema é que não sei se funciona com os vidros duplos. Na minha casa não funcionou... Mas não sei se há de tamanhos/forças magnéticas diferentes...

Tiago disse...

Obrigado pela dica, Joana! :-) Tenho que dar um salto ao AKI para ver que soluções têm eles.

Oscar Batalha disse...

Com algumas pesquisas, pode ser q ajude (coloquei no google "edificios limpeza janela" e retornou isto. http://www.abcgrupo.com/main.html
http://www.azulimpa.com/

Há mais, é uma questão de pesquisa. tentaram Páginas Amarelas.

Tiago disse...

Obrigado, Óscar! Hoje não tive tempo e amanhã também não irei ter. Mas vou dar uma vista de olhos nesses links que aí colocou. Se entretanto alguém decobrir mais qualquer coisa, ou vir por mim esses links, diga de sua justiça! :-)

Tiago disse...

Dica do Rodrigo:

http://www.portugalvirtual.pt/0/3580dat1.html

Tiago disse...

[comentário repetido no portal dos moradores da Alta de Lisboa]

Também prefiro não saltar para fora da janela. Mas francamente quero encontrar uma solução que dependa de mim. Realmente não faço ideia se será difícil limpar os vidros por fora a partir das janelas que abrem, mas irei ponderar muito bem entre ser eu a fazer isso ou pagar para ser feito.

É que me incomoda estar a comprar uma casa e depois fartar-me de gastar dinheiro para além da prestação. Esta é uma questão com que nos devíamos todos preocupar. Paga-se a uma empresa especializada para limpar as janelas, paga-se para ter ar condicionado porque o apartamento aquece em demasia, paga-se com a máquina de secar roupa porque não se lembraram de colocar estendais, paga-se água potável para regar extensas áreas de relvado. É um sem número de despesas supérfluas por características do edifício ou bairro que dependem exclusivamente do planeamento humano.

E nestes gastos superfluos chega-se ao fim do ano, faz-se as contas, e percebe-se que se trabalhou quase só para isto, para pagar uma casa e despesas que seriam evitáveis com outro planeamento. E depois lamenta-se o PIB, a crise, o estarmos na cauda da Europa, as assimetrias sociais, a criminalidade, etc...

Daí que eu prefira nestas coisas (limpeza de janelas e/ou sobre-exposição solar) procurar uma solução menos dispendiosa.

Patrícia Barbosa disse...

Aqui estão alguns sites onde dizem que fazem limpezas a vidros:
http://www.cometaazul.com.pt/menu.html
http://www.jorlimpe.pt/entrada.html
http://www.motapinto.com/servicos.html
http://www.rmm.pt/entrada.html
E muitos mais.
Se forem ao sapo e fizerem uma busca com a palavra "fabricas" encontram-se muitas empresas de limpeza. Não me perguntem porquê!
Eu andava à procura de outra coisa...
Mas deu jeito.
Espero que ajude.

Tiago disse...

Muito obrigado, Patrícia! Vou já passar essa informação para o site!

Vertline disse...

Somos uma empresa na area de manutenção de fachadas, gostariamos de apresentar os nossos serviços. o nosso e-mail geral é info@vertline.pt

Luis disse...

Acho que já venho atrasado mas "tropeçei" neste post agora mesmo e como encontrei mais uma deixo o link:

http://www.erslimpezas.com/