sábado, 17 de setembro de 2005

Parque Oeste - antes e depois


25 de Junho de 2005


17 de Setembro de 2005

13 comentários:

Juan disse...

As sombrinhas é que vão demorar.

Rodrigo Bastos disse...

Já tive opurtunidade de ver "do alto" o parque oeste e acho que está muito bonito...

Belas fotos Tiago :)))

abrunho disse...

Esta' bonito, mas faz-me cogitar... agua. Tendo em atencao os problemas da seca em Portugal nao seria melhor um ajardinamento menos dependente de rega? Vejo muita relva...

Tiago disse...

Estou completamente de acordo. Gosto muito de relva, mas requer demasiada água para um clima como o nosso. Este problema já foi discutido inclusivamente noutros blogs. Acho também que podia haver mais árvores. Quando crescidas fariam sombra, mantinham alguma humidade e ajudariam a relva a não necessitar tanto de água regada. O problema continua a ser as estações secas que implicam rega. E mais uma vez não podemos discutir isto sem esquecer que Portugal apenas retém 10% da água das chuvas.

Tiago disse...

Outra coisa que vejo pouco neste jardim, tal como na quinta das Conchas, são os bancos para as pessoas se sentarem. Os que há, poucos têm encosto e são pouco confortáveis. Os bancos num jardim são um equipamento essencial para o usufruto completo do espaço verde. Ler o jornal, numa manhã de Domingo, sentado num banco de jardim, é um prazer que gostava de poder ter na minha futura casa.

ana disse...

Em Londres e em Nova Iorque ha imensos bancos de jardim nos parques da cidade. Em muitissimos deles ha uma placa com uma dedicatoria.
Os cidadaos dao a cidade o banco para celebrar, marcar uma data ou honrar uma pessoa. A cidade mantem os bancos.
Resultado, milhares de lugares para descansar, conversar, comer...

Tiago disse...

Os meus bancos de jardim preferidos são aqueles tipo ergonómico, com uma curvatura tipo caracol desenrolado, em ripinhas de madeira sobre uma armação de ferro.

abrunho disse...

Se calhar e impossivel por causa do vandalismo, mas senao sugeriria cadeiroes. :-) Eu vivo em Hamburgo e eles tem em alguns jardins pesados cadeiroes de madeira, espalhados pela area relvada. Podem-se mover, mas com dificuldade. Sao fantasticos. Presumo que quando chove mais, estes cadeiroes sao transportados para alguma arrecadacao.

Tiago disse...

Se andares com máquina fotográfica contigo e me puderes enviar uma fotografias deses cadeirões, ficava muito contente! :-) Pode ser?

abrunho disse...

Vou ver disso. :-)

abrunho disse...

Ta bem. Vou ver disso. :-)

Tiago disse...

:-) Basta uma vez, obrigado!

Pedro Veiga disse...

Quando abrirá este parque ao público? Ainda antes das eleições autárquicas? Espero que sim!