sábado, 17 de setembro de 2005

Antes e depois

13 comentários:

ana disse...

Isto e o condominio do parque?
estou ansiosa por saber quem e o que vai ocupar tantas lojas?
Ja viram o projecto do hotel que vai ficar mesmo em cima deste condominio?
e ainda nao ha noticias sobre uma grande superficie, tipo pingo doce ou outro que tal, pois nao?

Tiago disse...

É o Condomínio do Parque, sim, e é tb a Av. Kruz Abecassis. Não sabia dessa do hotel! Confirmas isso?

Quanto às lojas, será um assunto mais complicado. Tudo entra na lógica do oferta/procura. Enquanto a Colina de S. Gonçalo, Cond Parque e S. Bartolomeu não estiverem habitados na sua totalidade ou, pelo menos, maioria dos apartamentos, será difícil ocupar as lojas com comércio local. Veja-se o exemplo das lojas do Condomínio da Torre.

Rodrigo Bastos disse...

As lojas no Condomínio da Torre estão quase todas vazias, mas o mesmo também aconteceu no São João de Brito que só agora começam a brir aos poucos.

Em relação às lojas penso que é uma questão de se dar tempo ao tempo.

ana disse...

os condominos podem vetar alguma utilizacao das lojas?

ana disse...

Quanto ao hotel
Se vires no site da sgal, polos comerciais, malha 22.1. onde actualmente fica o stand de vendas. pode ver-ser o edificio. Nao diz, creio, que e um hotel. Mas, um vendedor disse-me que era um hotel.

Tiago disse...

Há vários exemplos de veto de lojas por parte dos condóminos. Restaurantes, bares nocturnos, por exemplo. Com abaixo-assinados e uma forma veemente de protesto os direitos dos moradores têm sido respeitados em Lisboa. O problema é que muitas vezes as pessoas não agem, delegam noutros a tarefa de protestar, de mobilizar, e depois já é tarde.

O Rodrigo já contou no seu blog o exemplo de uma funerária que foi impedidad de se estabelecer por oposição dos moradores.

Ricardo Soares disse...

No novo site da SGAL é possível ver duas imagens virtuais dos polos comercias (Malha 5 e 22.1) clicando no mapa que aparece em projecto/polos comerciais. Na imagem da malha 22.1, que corresponde ao stand da SGAL, existe um edificio que aparenta ser um hotel.

Tiago disse...

Não tinha reparado nessa possibilidade do site da SGAL! A mim disseram-me que esse bloco iria ser para escritórios. Mas pode ser que só agora se tenha decidido.

nuno am disse...

A mim também me disseram que ia ser de escritórios, mas na primeira vez que visitei o pavilhão de vendas da sgal uma vendedora disse-me que o Corte Inglês estava a pensar em abrir ali uma loja!... parece-me pouco provável, a não ser que fosse logo o prédio todo! E teria mais lógica irem para a Malha 5 do Taveira. Deve ser mesmo um edifício de escritórios.

Ricardo Soares disse...

A mim o vendedor também me disse que ia ser um edíficio de escritórios. Não me lembro se foi antes ou depois de me dizer que as escrituras do Cond. do Parque eram em Junho...

Tiago disse...

Boa piada, Ricardo! :-) Realmente, alguém sabe o que está a acontecer com o Cond. do Parque? Está desabitado ainda, não está? Mais uma vez, a que se devem estes atrasos?

Oscar Batalha disse...

Realmente o Cond.Parque ainda está desabitado. A licença de habitação foi passada a 13 Setembro. Falta pouco para as escrituras. Relativamente à questão do hotel/escritórios, nao vejo problemas em existirem ao pé desta Condominio. Valoriza mais e não é uma zona exclusivamente residencial. Tb tem q existir Serviços e outras infra-estruturas para os residentes. Ainda por cima com acesso ao Eixo N/S em contrução muito perto, é bom para empresas se localizarem nesta zona.

Xavier disse...

Caro Tiago,
os habitantes do C.Parque estão quase a chegar à Alta de Lisboa. Já falta muito pouco.
Concordo com o Oscar, se for um hotel ou espaço comercial melhor, valoriza a zona.