segunda-feira, 1 de agosto de 2005

Ainda o Parque Oeste


25 de Junho de 2005


15 de Julho de 2005


31 de Julho de 2005

8 comentários:

Ricardo Soares disse...

Excelente! Gosto bastante destas fotos que mostram a evolução das coisas.
Alguém sabe se as colunas na passagem terão alguma utilidade? E o que são as estruturas por baixo da passagem?

Tiago disse...

Penso que as colunas são uma paráfrase à skyline dos prédios do Lumiar. Quanto aos quadradinhos porbaixo da passagem são as entradas de água que se transformam em cascata para o outro nível do espelho de água.

Ricardo Soares disse...

Obrigado pela informação. Ainda referindo-me às entradas de água existem aquelas estruturas azuis (são mais visiveis no post de 25 de Julho) e são essas que me intrigam pois já tinha conhecimento da cascata do lado contrário. Fazem lembrar uma comporta, mas uma vez que o lago que se forma não está preparado para encher mais calculo que não seja.

Malservido disse...

Cambada de vigaristas encabeçados pelo chefe da quadrilha que dá pelo nome de Eduardo Armindo. Estou à espera, calmamente, que esse tipo vá parar atrás das grades muito brevemente.

Não adianta apagar o comentário. Seguir-se-ão outros.

Tiago disse...

Caro malservido,

quer ser mais claro a respeito dos seus lamentos?

Malservido disse...

Não há nada para esclarecer. O assunto é do domínio público, dentro e fora dessa empresa. O Sr. Tiago deve saber bem ao que me refiro. Passe bem.

Tiago disse...

Não faço a mínima ideia do que se refere. E se o assunto é do domínio público pode então esclarecer-me?

abrunho disse...

Guardei uma das fotografias para colocar no meu blogue. Se não quiser escreva-me para rosa.abrunho@googlemail.com. Boa sorte.