segunda-feira, 25 de julho de 2005

Parque Oeste avança depressa



Vê-se ao centro a construção de uma pérgola que será coberta com plantas trepadeiras.



Uma alameda onde os álamos são substituídos por palmeiras é uma palmareda?



O primeiro nível do espelho de água do Parque Oeste. A passagem da água para os restantes níveis será feita através de pequenas cascatas.



A primeira cascata é junto ao caminho pedonal que atravessa a Alta de Lisboa.



Nalguns pontos da parte nascente do Parque já se nota a relva a crescer.

A primeira fase de construção do Parque Oeste acaba neste ponto, onde começa o grande lago. Futuramente será construída a faixa do Parque que servirá de barreira natural entre a Alta de Lisboa e o Eixo Norte-Sul. Prevê-se que finalizem as obras do parque e o abram ao público em Setembro.

10 comentários:

Pedro Veiga disse...

Tiago,

Belas imagens! É reconfortante ver que a construção deste parque avança, sobretudo depois de um dia de trabalho que começou com uma desagradável visita aos escritórios da SGAL!

Anónimo disse...

Parabéns Senhor Tiago
As fotografias estão excepcionais e acho que todo o local irá ficar de cortar a respiração.
Para o Senhor Pedro Veiga digo, anime-se homem, os problemas com a SGAL tem de ter um fim um dia e este parque ficará para sempre,para descontrairmos.
Temos de ter para cima de 15 valores à cadeira de "pensamento positivo".
Força nisso.
Respeitávelmente "anonymous".

Rodrigo Bastos disse...

Parabéns Tiago, de facto são umas belas fotografias que vão dando corpo à nossa vontade de ver a Alta como um sitio onde se deseje viver.

Anónimo disse...

É possivel colocar videos aqui no blog?

Assim ficava a reportagem ainda mais completa.

Pedro Veiga disse...

Com a chuva de hoje as plantas e as árvores vão ficar mais bonitas! É um consolo chver no Verão após quase um ano de seca!

ssá disse...

Parabéns, Tiago.

Para um futuro morador dos Jardins de S. Bartolomeu, é reconfortante ver que o projecto se vai materializando e que no meio dos atrasos e das confusões há razões para acreditar.

Uma pergunta - Muitas destas fotografias parecem ser tiradas de dentro do parque oeste. O parque não está vedado?

E já agora, alguém sabe se o parque vai ser murado ou ter algum tipo de cerca?

Tiago disse...

Nenhuma das fotografias foi tirada de dentro do parque. Exceptuando a 1ª, são todas tiradas na fronteira da obra com a rua.

ana disse...

Adorei a foto reportagem. Tive oportunidade de visitar o parque e numa semana vi muitos desenvolvimentos. Espero na proxima visita a Lisboa, ter a oportunidade de conhecer o parque mais amadurecido.

lcf disse...

as fotos estão giras, mas a piada da "palmareda" é muito, muito, muito má... :-P

Tiago disse...

Não imaginas é como podia ser ainda pior, Luís! Mas depois eu conto-te!