quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

3 milhões de euros por um autocarro de 16 lugares?

É estranho, isto. 2.922.000€ para uma viatura de 16 lugares? Mais 1.236.000€ por um ligeiro de mercadorias?

Estará no Município de Vale de Cambra o génio financeiro que saneará as contas de Lisboa?

3 comentários:

Anónimo disse...

Só pode ser erro de digitação. Agora a aplicação informática da DGCI a validar uma entrada destas é que é aberrante. É evidente que puseram os recursos todos na cobrança coerciva, penhora de salários, etc., e marimbaram-se para uma ninharia destas. Ajustes directos, transparência, puf! Para estes senhores que nos governam isso só serve para limpar o rego do ass!

Anónimo disse...

6.572.983,00 € por uma fotocopiadora


http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=2496

JP disse...

Tem sido erro de input. Há um blog a falar mais acerca disso:

http://5dias.net/