quarta-feira, 15 de outubro de 2008

PÚBLICO também fala da rotunda pirata

O jornal diário PÚBLICO interessou-se no "caso" da rotunda feita por moradores. Tentou perceber quem a retirou, mas agora ninguém assume. Nem CML, nem Junta, nem UPAL, nem SGAL. A Direcção Municipal de Tráfego nem sequer respondeu à pergunta. Que razões haverá para este silêncio?

O Viver lança aqui um concurso. Quem deixar na caixa de comentários a teoria da conspiração com mais graça ganha a possibilidade de escrever um post nestas páginas. O prazo vai até ao final do dia de amanhã, 5ª feira às 23h59.


Moradores transformaram cruzamento em rotunda para reduzir acidentes no Lumiar
15.10.2008, Ana Nunes

Após vários contactos infrutíferos com a câmara, os moradores decidiram montar
uma rotunda com separadores de plástico. Durou dois dias e desapareceu

O movimento cívico Viver na Alta de Lisboa acusa a Câmara de Lisboa de "levar anos a decidir soluções para o espaço público, bastando-lhe meia manhã de expediente para mostrar autoridade e repor a incompetência anterior". A história teve início "há mais de um ano" e respeita a um cruzamento em que confluem 18 vias de circulação, no Alto do Lumiar, no qual os moradores decidiram construir uma rotunda improvisada na madrugada do dia 4.

"A Rua de Helena Vaz da Silva vem de norte, a Avenida de Vasco Gonçalves vem de noroeste, a Rua de Arnaldo Ferreira vem de oeste, a Avenida de Eugénio de Andrade vem de sul e, por fim, a Avenida de Álvaro Cunhal vem de leste". Assim se forma o cruzamento onde desembocam todas estas ruas e avenidas e onde a confusão no trânsito, nas horas de ponta, é total. De acordo com os moradores da zona, "não existe qualquer sinalização no local", sendo que "o movimento é intenso no período da manhã e o perigo de colisão é constante".

Depois de passar "mais de um ano a fazer telefonemas, enviar e-mails e cartas para a câmara", alertando para o perigo de um "cruzamento com 18 faixas", o movimento Viver na Alta de Lisboa queixa-se de não ter recebido qualquer resposta. Os moradores acrescentam que durante todo esse tempo, em que "nada foi feito", muitos foram os acidentes que podiam ter sido evitados com uma simples rotunda.

Face ao silêncio da autarquia, a solução encontrada pelos queixosos foi a criação de uma rotunda improvisada com blocos de plástico brancos e encarnados, usados na sinalização de obras rodoviárias, e quatro sinais de rotunda. De acordo com os promotores da iniciativa, "a rotunda funcionava, o trânsito fluia e a segurança aumentou enormemente".

Dois dias e meio depois, porém, a rotunda foi retirada. O que não se sabe é quem o fez, diz Tiago Figueiredo, um dos elementos do movimento Viver na Alta de Lisboa. Ouvido pelo PÚBLICO, o assessor de imprensa da presidência da câmara, Duarte Moral, assegurou que a autarquia "nada teve a ver com o assunto", sugerindo um contacto com a UPAL (Unidade de Projecto do Alto Lumiar).

O director deste departamento camarário, Nuno Caleia, garantiu igualmente que "não foi esta unidade a retirar a rotunda" e que não sabe quem terá sido.
A SGAL, Sociedade Gestora da Alta de Lisboa, empresa responsável pela urbanização da zona, afirma também que desconhece o caso.

O presidente da Junta de Freguesia do Lumiar, Nuno Roque, por seu lado, diz que "a junta não teve conhecimento de nada", enquanto que a Direcção Municipal de Tráfego não respondeu às perguntas feitas. Nuno Roque defende, todavia, que a rotunda é "essencial para a segurança rodoviária no local", dizendo não compreender porque é que ainda não foi construída.

O autarca considera que, "após várias tentativas feitas pela junta de freguesia e pelos moradores, esta foi a forma de os moradores chamarem a atenção para o problema". O presidente da Junta do Lumiar defende igualmente que "deve ser feito um projecto para resolver a questão rapidamente". "Espero que, tal como se passou com a morte de uma aluna da escola D. José I, não seja necessário que alguém perca a vida para que as obras sejam efectuadas", comenta Tiago Figueiredo.

O director da UPAL garantiu ao PÚBLICO que o assunto está a ser estudado por forma a que seja possível avançar com "uma futura intervenção". Para o caso, adiantou, "existem duas soluções: ou manter o cruzamento, ou fazer uma rotunda, mas ambas têm problemas".


Caso já foi discutido em reunião de vereadores
15.10.2008

A situação deste cruzamento da Alta de Lisboa já foi abordada numa reunião de câmara pelos vereadores do movimento Cidadãos por Lisboa, que apresentaram uma proposta para resolver o problema. Nessa ocasião, os vereadores do PSD abandonaram a sala, não chegando a haver votação.

A social-democrata Margarida Saavedra considerou que o assunto tinha sido agendado com base em "critérios televisivos de desgraças que acontecem ou de um vereador que passa por um buraco e fica aborrecido". A vereadora acrescentou que esse sistema não é "justo" por não servir "as preocupações de cidadãos que não conseguem chegar à câmara e particularizar o seu caso".

Na proposta apresentada podia ler-se que "confluem dezoito faixas, provenientes de cinco vias, cuja geometria implica um cruzamento muito distendido, o que provoca atravessamentos muito longos, passíveis de provocar acidentes por problemas de visualização ou por excesso de velocidade de quem entra no cruzamento com prioridade - como acontece frequentemente". Para resolver a situação, os vereadores propunham que o estudo de "uma solução para o cruzamento, com o objectivo de garantir a segurança de quem ali circula" e ainda que os serviços competentes "analisassem a possibilidade de adoptar como solução, a criação de uma rotunda".

Na reunião seguinte o vice-presidente da autarquia, Marcos Perestrello, explicou que os serviços analisaram a situação existente e concluí-ram que uma rotunda no local não "seria uma boa solução", pelo que a proposta foi retirada.

34 comentários:

laura.lx@gmail.com disse...

...Ora foi obviamente o Sr Justino do 2º andar direito, que como é reformado gosta de observar o trânsito e os acidentes... sempre o entretem...Já tinha retirado um sinal de stop em Aveiras de Cima, quando ia visitar a filha mais velha, e um Sentido Proíbido na Baixa da Banheira, quando ficava em casa da enteada aos fins de semana.

Anónimo disse...

Por acaso já me tinha posto a pensar o que teria acontecido aos famosos delimitadores da rotunda.

Com honestidade, nunca me passou pela cabeça que tivesse sido retirada por um qualquer serviço municipal ou "oficial", num laivo de vingança contra o trabalho bem feito que vinha demonstrar a ineficiencia dos mesmos (se os serviços não sabem montar uma rotunda, como podem eles sequer pensar em retirar uma?!).

Na minha modesta opinião, os "pinos":
1. ganharam asas ou perninhas e foram tomar um cafezito a qualquer outra parte.
2. numa acção fulgurante, extraterrestres, tendo visto o trabalho útil dos residentes da Alta, decidiram usar os mesmos pinos para construir uma rotunda similar lá no seu planeta, pelo que os vieram desviar.
Ainda colocaram um papelito pedindo desculpas, mas os serviços da câmara que vinham proceder ao desvio da rotunda, tendo visto que o serviço já estava feito, desviaram o papel para cobrir a existência dos extraterrestes (e não, como se diz por aí, para se fazer pensar terem sido eles a fazer o "trabalho").

Bem, mas esta é a minha modesta opinião!

VN.

Luís Lucena disse...

É lindo!

Ninguém sabe de nada.

Teoria da Conspiração III

Cada vez mais, parece que temos um serviços de inteligência (só de nome, está claro) e as respectivas "black ops" negadas veemente por todas as “autoridades” (sim, entre aspas, evidentemente) zinhas. Vamos um pouco mais longe: com ficheiros secretos e tudo, com identidade dos cidadãos "perigosos" (oh que perigosos e subvertidos eles são!), com fotografias, moradas, profissões, amizades, familiares, ... Vamos agora ainda um pouco mais longe ainda: Está-lhes no sangue; a História repete-se. Tinham era inveja …

Luís Lucena disse...

Teoria da Conspiração IV

A CML está a preparar uma surpresa com a construção de vários túneis. Por essa razão têm negado tudo. Já está tudo preparado as obras vão começar ainda esta semana e serão concluídas no dia 24 de Dezembro próximo.

Será construído um complexo conjunto de passagens inferiores que ligarão todas as vias que confluem no actual cruzamento.

O único problema é o nome: tinham pensado em “Complexo dos Túneis dos Marqueses da CML”, mas acontece que uma das ruas que converge no actual cruzamento, precisamente a que vem Leste, tem um nome muito pouco aristocrático …

Tiago disse...

Luís, tu fazes parte do júri. Não vais a concurso. Mas estás a vontade para deitar mais ideias, só que já sabes que não ganhas prémio.

Anónimo disse...

Teoria da Conspiração V

Foram obviamente os serviços locais da Câmara que mandaram retirar os pinos. O facto de não se acusarem é a estratégia que encontraram para levarem os autores da colocação a acusarem-se primeiro ao perguntarem que lhes desfez o trabalho.

Como ninguém se acusa, a Câmara também assobia para o lado.

Anónimo disse...

Teoria da Conspiração VI

Quem retirou os pinos foram os palermas dos racistas da zona porque, como de noite todos os gatos são pardos, julgaram que tinham sido os negros a colocá-la lá.

Anónimo disse...

Teoria da Conspiração VII

Não fomos nada!!! Quem bifou os coisos do sítio foi um Lélio que ia a caminho da feira e achou que eram umas coisas que podiam ser despachadas rapidamente.

Anónimo disse...

Teoria da Conspiração VIII

Camaradas de luta: pedidos desculpa por termos levado emprestadas as baias da rotunda mas precisámos delas para barrar o caminho das máquinas que nos iam destruir os quintais para fazer o resto da CRIL.

A gente promete que as devolve assim que as estradas de portugal desistirem de nos por uma auto-estrada à porta.

Um só povo uma só luta!!!

Anónimo disse...

Teoria da Conspiração IX

Eu acho que foi a SGAL... A rotunda demonstra a má-qualidade do projecto que ela promoveu e portanto ela não a podia aceitar. Por outro lado, se assumir que foi ela que a tirou, arrisca-se a ter os moradores ainda mais contra ela do que já estão. E logo agora que mudou o logotipo e está a gastar um balúrdio em publicidade...

Anónimo disse...

Foi o Santana Lopes, para que se pensasse que tinha sido o António Costa.

Anónimo disse...

Pois eu acho que foram os pombos a retirar os pines!
Enquanto se fala dos pines e dos vários cenários da sua retirada, não se fala do mal que nos faz à saude os milhares de pombos que nos rodeiam.
Afinal não passa nada, e se alguém acha que se passa têm o cuidado de mostrar, neste caso retirando o raio da rotunda, então não tinha o selo o carimbo e a inauguração de ningém de renome!
Parabéns a todos os que a colocaram! E que tal voltar a colocá-la com cimento?
Vamos nessa!

Carlos Moura Carvalho disse...

Eu acho que foram aqueles que colocaram lá a rotunda, para assim poderem ter um acontecimento ainda com mais destaque.
Há mentes muito elaboradas...

Luís Lucena disse...

Tiago,
Obrigado pela nomeação para o Júri! “Ganda” pinta!

Já pensaste que esta nomeação não é muito democrática nem tão pouco "orçamento-participativa" com cml-cliques na Internet? E já pensaste também que podes estar a enriquecer os "ficheiros secretos" dos cml-voyeurs com informações preciosas? Muito cuidado!

De qualquer forma, acho que o preço que tenho de pagar é alto de mais: não posso ganhar prémio algum... Mas ok! Vamos lá ver se consigo deitar mais ideias ...

Anónimo disse...

Foi a Margarida Saavedra.
Que não gosta que haja cidadãos que conseguem chegar fazer rotundas sem chegar à câmara e particularizar o seu caso.

laura.lx@gmail.com disse...

Foi o Chuck Norris. He doesn't steal road cones...he just takes bowling to a whole other level...

Mr. Steed disse...

oh meu deus, está uma pessoa fora um dia e dá nisto?

eu tb sou juri?

se sou voto no carlos moura carvalho, claro.

já agora, só para informar, estive a ver os ip's dos anónimos e descobri que são todos o Luis Lucena :)))

Anónimo disse...

Carlos Moura Carvalho disse...
Eu acho que foram aqueles que colocaram lá a rotunda, para assim poderem ter um acontecimento ainda com mais destaque.
Há mentes muito elaboradas...

Mais um voto nesta ideia.

Luís Lucena disse...

Teoria da Conspiração XVII

O Mister Steed é um agente de primeiríssima água, verdadeira toupeira dos serviços de inteligência e das "black ops" (anda a revelar os vip's - ou os xip's ou lá o que é essa coisa dos zip's - às "autoridades" zipinhas).

É ainda agente duplo (na verdade, triplo): em part-time, trabalha discretamente para uma empresa a quem entrega "ingenuamente" o seu voto.

Como se tudo isso não chegasse, prepara-se para mais um assalto ao poder: anda a fazer-se ao Júri! É verdade que também o faz por inveja: quer tudo para ele, quer estar em todas! Mas para fazer parte do Júri não basta querer ...

“My name is Steed, Mister Steed” :)

Anónimo disse...

mr steed, os ips devem andar marados, eu sou anónimo/a mas não sou o Luis Lucena.
ninety-nine

Anónimo disse...

Parabéns pelo vosso trabalho que é de louvar !
Será possível lermos, aqui no "Viver", mais algumas perguntas da entrevista de 2h ao Dr. Nuno Caleia, Director da UPAL....?
É que aquelas três sabem a pouco... muito pouco...
Obrigada

Vossa Vizinha e leitora diária
Teresa

Mr. Steed disse...

sim anónimo! eu sei...estava-me a meter com o Lucena :))))

Teresa, muito obrigado pelo seu comentário e por nos ler.

Iremos colocar o resto da entrevista muito em breve. É o drama de este site ser amador e de termos outras actividades profissionais. Falta tempo.

A entrevista durou duas horas e meia. Há que transcrever tudo e seleccionar o essencial para que não deixe de ser legível.

Mas não está esquecido e sim, outros segmentos ficarão disponíveis brevemente.

Citadina disse...

Quem removeu a rotunda foi óbviamente um daqueles maricas que votou contra (mas é a favor) do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
A mentalidade é: só nós é que podemos fazer rotundas e só as fazemos quando acharmos "oportuno". E como não estava no programa para esta legislatura... Melhor sorte para a próxima!

Anónimo disse...

Cá para mim foi o árbitro!

A culpa é sempre do árbitro, nunca é de que joga (neste caso não decide) mal!!

;) Clara Henriques

Cosmopolita disse...

É pá, vocês não brinquem mais desta maneira!! Nem calculam o susto que eu apanhei quando cheguei lá de manhã e vi que os meus contentores-disfarce de cannabis estavam ali no meio da rua e cheinhos!
Foi uma chatice para os tirar de lá, com a polícia a chatear-me porque não tinha sido notificada daquela "intervenção municipal"!! Estava a ver que me apanhavam a mercadoria! Mas pronto, correu tudo bem e lá consegui aviar aquilo para a Holanda.
No entanto tenho de vos avisar, seus marotos que isto é muito perigoso para vós, pá, olhem que se a coisa tivesse corrido mal, eu tinha que vos ter pendurado pelos tomates, pá, vejam lá isso!

Mr. Steed disse...

esta tb teve muita piada. outro voto.

esperem....o autor é um tal de siul anecul...lembra-me qq coisa...

Anónimo disse...

Essa de escrever de trás para a frente é velha....
Ah... lembrei-me de lhe dizer, mr Steed, que pode ir aprender a andar de bicicleta com as rodinhas, como os meninos pukaninos... pinte-as de azul ou de verde, depois apagam-se das fotografias como nos filmes !!!

sua provável vizinha
Teresa

Luís Lucena disse...

Teoria da Conspiração XXI

Foi o 192.168.1.1, o router da LAN do Mr. Steed. É pacotes para cá, pacotes para lá; é "dá-me cá o IP do anónimo das 15.33".

Já tinha formação de polícia digital e da secreta do Mister. E está agora a carregar o “Polícia Sinaleiro de Luva Branca”, Rev 2.0!

Vai daí, decidiu abrir caminho para vir a ocupar o centro da rotunda.

Anónimo disse...

A bela Rotunda foi obviamente feita pelo Sr. Evaristo Simões, comerciante. Pois a um Pátio como o de S.João de Brito, faltava uma Rotunda assim !

O Sr. Narciso, ainda de ressaca do fim-de-semana e com aquela rapidez que se lhe conhece, veio de metropolitano até à Alta de Lisboa para desfazer a obra do seu rival…

“Oh Evaristo, tens cá disto ?”

Homem de constituição frágil, o Sr. Narciso, para aligeirar a tarefa tratou de esvaziar os “coisos”, e para sua surpresa eis que jorrou Vinho do seu interior !!!

Teresa :-)


http://www.youtube.com/watch?v=L0NiEc0dEqg

Anónimo disse...

EXTRA-TERRESTRES!

Tiago disse...

Desculpa lá, Bernando, mas a tua teoria entrou três minutos depois do fecho da urna. Ainda tentei dar um jeito, mas já sabes como são os representantes do Governo Civil. Depois de os terem tirado do Totoloto ficaram ainda mais sérios e não dão abébias a qualquer menino. Bem insisti que o fuso horário na Alta era de cinco minutos para ver se caíam... Nada. Lamento. Acho que o que os ofendeu mesmo foi os teres acusado de roubar a rotunda.

Anónimo disse...

Sempre pensei que uma teoria de conspiração é uma teoria que não se consegue provar. E por trás de uma teoria de conspiração estão sempre entidades poderosas que até controlam o tempo! Na realidade já não fui a tempo de colocar o comentário antes da hora estipulada mas sempre os posso culpar de terem atrasado a colocação do mesmo... e, como todos sabem, de roubar a rotunda!
Cumprimentos
Bernardo Oliveira
(pensei em não usar o meu nome verdadeiro pelas razões óbvias - todos sabem o que acontecem a quem acerta numa teoria de conspiração...)

guerra's disse...

Não se pretende concorrer...

Apenas manifestar a solidariedade pelo trabalho construtivo. Se soubesse teria estado presente, mesmo sem condições físicas para carregar, mas poderia fazer parar o trânsito das 18 confluências!!!

Pena é que nem todas as pessoas saibam aproveitar a inteligência daqueles que, generosamente, se colocam ao serviço dos outros...

Para os que construiram, o grande apreço e felicitações pelo trabalho realizado. Vale sempre a pena investir e deixar marca, quando se está convicto dos valores por que se luta. Os resultados revelar-se-ão a seu tempo e por acréscimo.

Para os que destruiram, um humilde pedido: Repor, agora, com mais qualidade. É sempre tempo de reconhecer e reparar o erro e, quanto mais rapidamente, menor será o peso de consciência.

Força!

Ana Rita disse...

Pirata é quem roubou a rotunda.