segunda-feira, 14 de julho de 2008

Curriculum Vitae

O Atlântico normalmente irrita-me tanto como os seus equivalentes de esquerda. Mas às vezes, assim uma vez por ano,conseguem ter piada.

Um dos mocinhos que lá escreve (com nome de betola), achou de particular interesse o currículo de um dos colaboradores da revista Ops!,

Engenheiro Civil, urbanista, consultor em Planeamento, Ordenamento do Território, Transportes e Ambiente. Coordenador de grandes projectos. Ex-Inspector Geral do MHUC; ex-auditor ambiental do MEPAT. Ex-administrador de empresas públicas e privadas, entre as quais a NAER, SA; ex-director da EGF, SA, da Parque-Expo, SA; e do ICERR; articulista e escritor."

Chama-lhe "currículo tipicamente socialista".

Direi mesmo mais meu caro Dupont, encontrará CV's parecidos em qualquer um dos partidos que estiveram no poder nos últimos 30 anos.

13 comentários:

Anónimo disse...

OPS!
aquele Pedro Tito Morais é o mesmo Pedro que publica cenas aqui no viver? Esclareçam-me p.f.!

Mr. Steed disse...

não é não. os pedros são como as marias, há muitos :)

Anónimo disse...

Por acaso eu tive funções técnicas em alguns gabinetes das duas cores reinantes e devo discordar. De 4 elementos (gab psd) passou-se para 12 elementos (gab ps)a fazer menos de metade, com part-times de vencimento inteiro!

Saídas profissionais: de adjunto de gab (PSD) para estagiário na administração pública por conta própria a situações (PS) em que de adjunto se saltava para directores de serviços ou mesmo directores gerais-adjuntos de organizações públicas...de facto o ps tem gerado muito mais dirigentes e administradores - talvez apenas porque o psd não gosta tanto de dar nas vistas, porque senão até faria o mesmo.

Da minha experiência (e não é legítimo qualquer compadrio) o ps tem menos pudor e mais descaramento...e muito mais proveito.
Calculo que com a aproximação da idade de reforma de muitos «soixante-huitards» revolucionários do 25ABR as administrações de EPs e mais cargos de topo vão, proximamente, sofrer o assalto final.

É que para o ps os cagos públicos são «coisa de família», que usam a contento, sem horários nem dever de desempenho. É algo que, sentem, lhes é devido.

Por isso rio tanto do PRACE e da reforma do sistema de avaliação. Quero ver quantos directores-geris vão ser dispensados por não cumprir objectivos (se nem os sabem fixar!)

Enfim, socialista de alma, muitto me tenho desiludido com os políticos - não com a política, que é nobre. Houve uma invasão dos bárbaros na res publica e hoje a «coisa» só é pública no sentido que é de quem quiser aproveitar, não no sentido de serviço público (palavra fora de moda). Servi-vos: fartai vilanagem.


E sim, o Atântico é um pouco irritante com os artigos dos 'betolas'!

Mr. Steed disse...

obrigado pelo ponto de vista!

Paulo Pinto Mascarenhas disse...

Mr. Steed, o seu nome é muito mais betola do que o meu, com todo o respeito, é claro. Steed é very british, if i may say so.

cumprimentos irritantes,

PPM

Luísa Ferreira disse...

Belo comentário do Paulo Pinto Mascarenhas.

Não me parece próprio que um colaborador permanente deste blog se permita adjectivar o nome seja de quem for.

Anónimo disse...

mandem o Steed passear...
despeçam-no com justa causa!!!

Paulo Pinto Mascarenhas disse...

Não façam isso, nem a brincar. Mr. Steed tem muita graça a escrever e o comentário que fez deu-me a oportunidade de conhecer este blogue, que tem o maior interesse.

Mr. Steed disse...

boa dia Luísa,

a resposta do Paulo teve piada e foi inteligente.

se der um pulinho ao atlântico (ao blogue, não a estou a mandar afogar-se) verá que eles mesmos brincam com a mania de lhes chamarem betos.

expressões como "não me parece próprio" lembram-me o diácono remédios não sei porquê.

um beijinho,
Sir John Steed, OBE, MC, BBC,

Luís Lucena disse...

Eu não conheço o Mr. Steed. Acho que gosta dos Genesis. O que é importante. E manda umas piadas com graça. O que também é importante. Mas pessoalmente, nada. Ei-de conhecer um dia destes certamente.

Do Paulo Teixeira Pinto Mascarenhas, posso testemunhar na primeira pessoa que é de boa fibra e de boas famílias, com óptimos pais, irmãos, primos, tios e avós!

Paulo és muito bem vindo ao Blog do Viver!

E o País precisa de muitos Paulos Pintos Mascarenhas, porque têm posições assumidas, são bem dispostos e com muita fibra!


A definição de "Ser Socialista do Aparelho" já percebemos.

E a definição de "Betola", qual é?

Mr. Steed disse...

ah é fácil ó Lucena.

betola é qualquer tipo que assine com dois apelidos...:)))))

na realidade é um estereotipo. e como qualquer estereotipo pode ser usado para o bem (é material para imensas piadas) ou para o mal (do género eu betolas só à chapada ou, eu comunas era encostá-los todos a um muro).

não conheço a família do PPM , para mim até podia ser filho de país incógnitos, mas ele tem sentido de humor e isso é sei lá...fixolas!

Luís Lucena disse...

Mr. (com toda a natural deferência) Steed,

Então e "Cavaco Silva" é betola?

E "de" antes do apelido? Ou melhor, com apelido "de Tal", também é betola?

E que outras características ou comportamentos podem ser associáveis aos betolas?

Mr. Steed disse...

ah ah ah...olha ele a querer conversa...

O Cavaco Silva é do povo :) e mais não digo senão estávamos aqui a noite toda e eu hoje já dei cabo do html do meu blogue e tenho de ir ver se remedeio a coisa :)