sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

Acessos

E porque é que a SGAL em conjugação com a CML, o Metro e a Carris não constroi uma rede de teleféricos a ligar os condomínios maiores às estações de Metro do Lumiar e Ameixoeira?
- Seria com toda a certeza uma solução mais barata que a nova linha de Metro que se prevê construir;
- Constituiria um motivo de atracção turística pelas vistas da cidade que garantiria;
- Resolveria o problema dos acessos às estações existentes, descongestionando as vias e evitando a transformação do Lumiar e Ameixoeira em gigantescos parques de estacionamento que se verifica no presente (o que não parece incomodar quem as utiliza);
- Permitiria o percurso casa-trabalho sem utilização do automóvel;
- Finalmente, constituiria uma poluição visual muito menos pesada que a que a construção dos viadutos da Norte-Sul irá deixar nas zonas urbanas consolidadas onde serão implantados.
Que melhor maneira para começar o dia que um passeio panorâmico pelas alturas do bairro?

2 comentários:

Tiago disse...

Isto já foi feito nalgum lado?

Pedro disse...

Deste modo não - não sabes que eu só tenho ideias originais? ;-)
No entanto foi inspirado na notícia de hoje do Público que refere o anúncio pelo Mayor Bloomberg de um teleférico entre Manhattan e Brooklin e nas ideias para um novo acesso ao Castelo de S. Jorge (para além do elevador que foi chumbado pelo povo, havia a hipótese de se fazer um conjunto de passadeiras rolantes ou de um elevador tipo Bica). Juntei as duas coisas e... pimba! Não seria uma ideia sensacional de concretizar? Imaginas o ar futurista da coisa, sem ruídos como o elevado do Isaltino, com uma esbelteza fantástica, leve, leve? Ainda trazia mais gente que o estádio do Souto Moura!