quinta-feira, 29 de setembro de 2005

A aposta na educação

"Meninos, como é que é? Valentim, Valentim." Foi desta forma que o candidato independente à câmara de Gondomar se dirigiu às crianças do 1.º ciclo CEB do Vinhal, local escolhido para a primeira acção da campanha . E foi às crianças com idades entre os seis e os dez anos que Valentim Loureiro deixou uma mensagem muito especial "É preciso dizer aos paizinhos que quem quiser votar em mim tem que pôr o voto na cruz do fim, na última do boletim. Desta vez não é no PSD. Mas devem dizer principalmente aos avós. Ainda há gente em Gondomar que não sabe ler nem escrever e agora não é para votar nas setinhas nem nas chaminés. É nos dois pauzinhos, no Valentim.

"Os dois pauzinhos referem-se ao II, numeração romana atribuída à candidatura independente, e que tem sido uma das grandes preocupações do major. "Tenho verificado que há muita gente que ainda vai direitinha para o PSD e o candidato do PSD vai ter certamente muitos votos por engano", explicou Valentim.

1 comentário:

Luís Lucena disse...

E a luta de classes continua ...

A classe dominante lá vai na sua fanfarra. Notas ao lado, fora de tempo, sem harmonia...

Que música tão feia!

Blherk ... que ruído ...